Pessoal

Alucinando atrás do Alucinado

quinta-feira, abril 21, 2011

Ontem fui fazer um programa de índio. A Manu (minha colega de trabalho), a Karina (amiga da Manu) e eu fomos comprar um tênis... mas um detalhe muito importante: ele só tinha em Novo Hamburgo. Quem conhece sabe que não é um bixo de sete cabeças ir de Porto Alegre até Novo Hamburgo, mas para nós que nunca fomos, não sabíamos que ônibus pegar, nem onde descer, muito menos onde era a tal loja que tinha o tênis, ficava complicadado, diria até, perigoso. Com toda cara e coragem nós fomos. Acordei mais ou menos umas 7:30 da matina e me encontrei com elas no centro. A Karina ligou no dia anterior para um 0800 para ver qual linha ia até lá e onde pegava o banzo. A porcaria da passagem era R$ 7,70, entramos só sabendo que tínhamos que descer perto do Hospital Fatima, ou coisa assim. Uns cobradores nos disseram que tinha que descer no centro e ca-mi-nhar. Depois de 1 hora... 1 hora, descemos no tal centro de NH e que nem baratas tontas entramos numa farmácia pra perguntar onde era a tal rua Maurício Cardoso, uma vaca de uma funcionária disse , toda de rindo e tirando uma com a nossa cara, que tinha que seguir reto aquela baita lomba que iamos chegar... meio relutante com o que ela disse seguimos lomba acima... mas ela não tinha fim. Caminhamos umas 10 quadras e eu tive que perguntar pra alguém na rua e a senhora disse que tinha que subir mais, virar a esquerda e caminhar mais um pouco... tipo uns 10 min. #meesfaqueia Quando achamos que era o tal hospital, no fim era uma loja de pastel.
Depois desses 10 min. chegamos na tal loja de tênis e me arrependi na hora de não ter levado dinheiro. A loja era simplesmente maravilhosa. Vou confessar que quando aceitei ir no fim do mundo para comprar o All Star da Manu, eu não dava nada pela loja, achei que era um botequim qualquer e quando ela me disse que o nome da loja era Alucinado eu broxei total, mas quando entrei na tal loja tudo veio a baixo e eu queria morar ali para sempre. Alucinado é simplesmente ma-ra-vi-lhos-sa, expecializada em All Star e Melissa, tudo o que eu sonhei a Deus. Tem a Convexo ali no shopping onde trabalho e eu sempre babo, mas essa mato á pau. Toda estilosa, super descolada, jovem e com músicas tudo a ver... me senti uma maloqueira com meu rabinho de cavalo e All Star sujo lá dentro.
Tinha todo tipo de All Star conhecido, coloridos, listrados, estampados e uns que eu nunca tinha visto. O meu sonho sempre foi um All Star com velcro, mas mesmo meu pé sendo 'pequeno', os com velcro só tem infantil, mas lá eu achei um do meu número, de velcro e suuuper estiloso com corinho de cobra bege OMG! O que a Manu comprou era branco, de botinha e com vários caracteres de MSN coloridos, super fofo. Além de tudo tinha roupas também, claro, tri caras. Só sei que vou sonhar com minha próxima volta a NH. Dá para comprar pela internet, eles entregam em casa e tudo, mas eu amei tando a loja que quero voltar o mais rápido possível.



As duas amaram o dono da loja. Ele é tri gatinho, bem novinho e babamos mais um pouquinho, mas como eu sou comprometida eu deixo a minha parte. Agora para resumir o fim do programa de índio, tem a volta ! Perdemos o ônibus para descer até o centro, então fomos tuudo a pé de novo. Chegamos na parada e uma senhora pediu uma moeda para 'ajudar', a Manu deu 1 pila e ela desando a falar. Disse que a gente não pode ficar com 'essa' cara, que isso tudo é por causa da deprê (sim, ela falo deprê). Que os jovens de hoje abreviam tudo, que é preguiça de falar as coisas e que daqui a pouco paralelepipedo vai ser 'parê'... ¬¬ ? Quando sentamos para esperar o ônibus ela veio de novo e disse que não pode sentar curvada e que era por causa da deprê... pode isso ? Quando passo o primeiro ônibus para São Leopoldo a gente pulou dentro e lá estava ela... e por incrível que pareça ela descobriu o nome da Manu (ninguém falo pra ela) e disse vem assim "Não esqueçe o que eu te falei Manoela!"... super macabro, de medo.
Depois dessa bruxaria toda não sabíamos onde descer para pegar o trem para Poa, mas uma moça do meu lado nos ajudou. A briga seguinte foi para que lado era Porto Alegre? Para que lado que nós pegamos o trem ? O mistério foi resolvido com uma placa bem grande escrito MERCADO: PORTO ALEGRE. O trem demorou 40 min. até o mercado... resumindo eu entrava no serviço 13:40, mas só cheguei ás 14, detalhe: sem almoço, sem café da manhã, sem faze xixi e morrendo de sede. Bom pelo menos a gente se divertiu pra ca**lho.

Tá bom, eu sei  que foi longo, mas eu tinha que contar. Bjo gente, bjo Manu.

Livros

Tess Gerritsen

sexta-feira, abril 15, 2011

Hi, people. Antes de mais nada quero dizer que como só posso postar na minha folga, acabo acumulando assuntos. Dessa maneira, esse post já foi várias coisas, umas que me incomodaram e outras que eu queria dizer, mas não funcionou... por fim deu nisso. Espero que tenha sido uma boa escolha.


Hoje vou falar de uma autora que conheci a pouco tempo e estou mais que curiosa. O seu nome é Tess Gerritsen e seu gênero pode ser classificado como policial com uma pitada de suspense ao molho sangue =] Me debati com ela quando chegaram pilhas de seus livros para mim guardar #aff Minha colega Elisa costumava ler, mas nunca me liguei, depois disso perguntei e ela me disse que seus livros são super fortes, meio que dá para sentir o cheiro do sangue #meabana Essa japa - ex-médica - é do balacobaco!
Tess Gerritsen é uma autora bestseller do New York Times. Médica de profissão iniciou uma brilhante carreira literária durante a baixa de maternidade. Intensa e aterradora, Tess Gerritsen é a grande revelação do género thriller médico, aliando o conhecimento e a sua experiencia profissional com a investigação forense. Tess Gerritsen escreve narrativas verdadeiramente perturbantes que agarram o leitor da primeira à última página. Fonte
Nesse mês vários livros entraram em promoção como todos os Nicholas Sparks, Harlan Coben e os dela, fiquei super curiosa, até porque não é sempre que tu vai achar livros de 50 pila por 20 ! Corri para compra o meu e o primeiro foi 'O Cirurgião'. A Manu, que comprou o livro antes de mim, começou a ler e não conseguiu continuar. Já no começo ele seda a guria, tira o útero - com ela ainda viva - e quando ela acorda, ele corta a sua garganta. É uma coisa tipo assim. Ela trocou o livro !
Eu acredito que vou conseguir ir até o fim, é claro que talvez eu tenha pesadelos, ainda estou lendo 'A Estrada da Noite' e sonho o cara, imagina quando eu ler o outro...

O Cirurgião: A doutora Catherine Cordell pensava que o pesadelo tinha terminado. Dois anos antes fora uma das vítimas de um assassino que entrava em casa de mulheres enquanto estas dormiam e mutilava-as horrivelmente antes de lhes tirar a vida. Catherine Cordell sobrevivera milagrosamente e tentava esquecer o passado,quando surgem, na cidade de Boston onde ela agora vive, uma série de crimes idênticos. as mutilações são tão semelhantes que só podem sugerir tratar-se do mesmo assassino, mas isso é impossível já que Catherine matara o seu algoz em legítima defesa. Quem poderia ser então o criminoso a quem foi dado o nome de Cirurgião devido à perícia com que os ferimentos eram infligidos. E porque razão parecia querer atingir novamente Catherine. Os inspectores da Brigada de Homicídios, Thomas Moore e Jane Rizzoli têm de travar uma luta contra o tempo pois quanto mais rapidamente resolverem o mistério menor será o número de vítimas. E acabam por descobrir que tudo tem a ver com o que se passou em Savannah dois anos antes e que afinal Andrew Capra, o criminoso que Catherine matara, tinha um cúmplice. Fonte
Fiquei sabendo com as minhas catadas na internet que seus livros inspiraram uma série de TV na TNT chamada Rizzoli & Isles, que são os personagens dessa saga policial, de acordo com o adorado Skoob, a sequencia certa é: 'O Cirurgião', 'O Dominador', 'O Pecador', 'Dublê de Corpo', 'Desaparecidas' e o 'Clube Nefisto', sendo que os próximos títulos 'The Keepsake' e 'Ice Cold' ainda não foram traduzidos. Não sei se eles são continuação ou podem ser lidos independentes, mas vou descobrir =] Talvez os que não são sequencia sejam 'Jardim de Ossos' 'Gravidade' e 'Corrente Sanguínea'.
Realmente o post, a autora e os livros são para estômago de Panda, maas espero que tenham gostado e que não tenham se assuatado pelos meus gostos estranhos, hehe. Bjs.

Sorvete de Girafa

Temos um Ateliêr de Amigurumis e outras peças super fofas. Vêm nos seguir!

Quote

"It's just a sparkle but it's enough to keep me going.
And when it's dark out, no one around, it keeps glowing!"
- PARAMORE -