Pessoal

Bye 2011, Hello 2012 !

quarta-feira, dezembro 28, 2011

Sendo esse o último post de 2011, eu não podia deixar de postar. Vim mais para atualizar vocês e o blog, do que falar sobre algum assunto. Mas primeiro me contem, como foram de Natal ? O meu foi bem bacana, nada fora do comum a não ser pelo fato que eu passei em casa pela 1ª vez. Meu irmão mais velho veio com a esposa e minha sobrinha, que de 'inha' já não tem mais nada e ceiamos aqui mesmo. Ganhei vários presentinhos, tanto do pai e mãe, quanto do pessoal do trabalho. Dei váááários presentes também, sendo que gastei todo meu salário, comissão e 13º nessa brincadeira. O amigo secreto foi mais que engraçado, a Perla me tirou e deu o cd da Jessie J, que falaremos sobre ele num próximo post.
Entre os meus presentes para mim mesma tem os box completo de todos os filmes do Harry Potter com a camiseta da Batalha de Hogwarts... porque vocês sabem, que só me dou presente legal ! E um celular, que é esse da foto. É um Sansung super lindo, que dá pra mim entra no Facebook - sim, eu disse no post passado que não gostava do Facebook, mas ninguém, eu disse ninguém mais entra no Orkut, sendo assim tive que dar o braço a torcer - e no Twitter. Estou usando óculos, eeee ! É fraquinho e para longe. Sou cegueta e só enchergo embaçado. No mais as novidades acabaram. Eu ia tirar uma fotinho dos presentes, mas minha máquinha estragou, querem me cobrar R$250 para arrumar e óbvio que não vou pagar isso tudo, prefiro comprar uma nova... portanto só tenho o cel, daí deu preguiça e não fiz nada. Fica para depois.

Mês que vem o AC completa 1 ano de vida. Eu queria fazer alguma coisa para comemorar, mas estou sem imaginação, então enquanto o dia não chega vou pensando com calma. Quero desde já agradecer a vocês que vem aqui e me dão apoio quando preciso, comentam nos meus post idiotas e tem paciência comigo. Amo vocês demaaais.

Como esse post é só para dizer "Oi, estou viva, Feliz Ano Novo!", vou encerrar por aqui e dizer:
FELIZ ANO NOVO. Que 2012 seja um ano maravilhoso para vocês, que tudo de bom aconteça, que só as coisas boas permaneçam e o que for ruim fique em 2011. Que no ano que vem seja um ano marcado por acontecimentos que realmente valham a pena serem lembrados, que tragédias, matanças, catástrofes a afins nos deixem em paz. Que todos os sonhos de vocês se realizem, que possam passar de ano sem ficar de recuperação, que passem no vestibular, para aqueles que já passaram, que não sejam muito troteados pelos calouros, que mais fones de ouvido sejam distribuidos aos funkeiros, que haja mais respeito uns com os outros, que os pais cuidem mais de suas crianças, que o despertador demore mais 10 min para despertar, que eu não chege mais atrasada no trabalho, que vocês possam comprar aquilo que desejam e que dinheiro não seja problema. Que o mundo não acabe, que os punks tomem banho, que mais música boa seja feita, que todos encontremos o amor e não haja briga depois, que todos os blogs tenham milhões de seguidores e façam sucesso... e paz, amor, alegria, respeito, amizade, carinho, risadas, sorrisos e felicidade. Ufa ! Usem branco, calcinha amarela, pé direito, 7 ondinhas e adiós bebidas. Sucesso em 2012, chega chegando. Uhuuuu !

2 0 1 2

Livros

Vai um meme aí ?

sábado, dezembro 10, 2011



Hoje vim com um outro meme que eu fui indicada pela Gabi do Fluffly, há muito tempo atrás, salvei ele e me esqueci completamente... sorry. Não foge muito no nosso meu mundo, que dentre muitas coisas, tem páginas e mais páginas de livros. Juntando tudo dá nessa nossa vidinha viciada em livros.

1. Por que, entre tantas atividades, você prefere ler?
Acho que porque é uma coisa diferente, relaxante e intertre de um jeito duferente do que quando tu ouve música, por exemplo. Te leva a lugares diferentes e apresenta pessoas e histórias interessantes.
2. Por que gosta de ler livros físicos (na era da internet, muitos leem por ela)?
Não há nada mais legal do que ter o livro nas mãos. Pegar ele, dizer "Eu li este livro" e mostrá-lo é demais. Sentir o cheiro de um livro novo é entrar em extase, para mim =]
3. Por que comprar livros?
Para poder dizer "Eu tenho!" e chegar em casa e ver aquela estante recheava de livros que tu leu cada um das páginas.
4. De onde vem seu incentivo de leitura, os blogs literários tem alguma influência nele?
Não muito, não costumo ler tooodas as resenhas que vejo, mas ela contam bastante quando tem um livro que eu quero ler e não sei ao certo se realmente é bom. Minha vontade de ler depende do livro, apenas isso.
5. Você lê o que está na moda ou segue algum escritor que te agrada?
Eu leio oque eu acho que é legal, a moda não vale de nada se eu não gostar do que eu estou lendo.
6. Ler um livro atrás do outro faz bem?
Nunca soube que fez mal, então...
7. Indique blogs amigos para responder o Meme e AVISE-OS.
Ana, Vinicius, Ju, Fabricia e Gabi. Quem quiser fazer... roubo consciente.


+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+


Esse meme/selo também foi da Gabi e, claro, fiquei muito orgulhosa porque não é sempre que a gente ganha um selo de qualidade, pelo menos não eu, hehe !

Regras:
1-
Responder às perguntas;
2- Repassar para 15 blogs.

Nome: Sharon Jacqueline de Souza Domingues
Uma música: Só uma ? A que eu mais ouço agora é 'I Feel Pretty - Unpretty' do Glee
10 coisas sobre mim:
1. Adoro ficar olhando para minha prateleira de livros e dvds e admirar o que é meu.
2. Sempre quis ser uma pessoa adepta ao perfume, mas minha rinite+sinusite não permite, por isso uso o velho e bom sabonete ou uma colônia bem fraquinha... mas não quer dizer que eu não tente usar perfume.
3. Quando estou de folga, gosto de fazer o que eu estou afim, que na maioria das vezes é ficar em casa sozinha, dormindo ou lendo ou no pc.
4. Pretendo, ainda esse ano, fazer uma tattoo nova e tapar uma antiga e feia.
5. Odeio frio, prefiro morrer de calor ao sentir uma pontadinha de frio. Devo ser a única que no ônibus senta naquela janela que está batendo sol e não na sombra. Sou estranha ?
6. Gosto das coisas do meu jeito, se não estão do meu jeito não estão boas. Ás vezes sou meio radical, mas não gosto que fique tudo de qualquer jeito, feito só por fazer. Sou exigente.
7. Amo outras línguas, principalmente inglês. Por isso quando ouço uma música e amo, eu ouço milhões de vezes e consigo gravar e saber a letra muito rápido. Amoooo cantar certo !
8. Odeio o Facebook, realmente não sei para que aquela porcaria. Fiz um para mim só para jogar um joguinho que meu amigo falou e nunca consegui... exclui a conta.
9. Nunca estudo, nunca estudei... talvez quando estava de recuperação, mas mesmo assim foi pouco. E agora com o ENEM e o Vestibular aí, continuo sem estudar, veremos no que vai dar.
10. Adoro um abraço. FREE HUGS !
Humor: Normalmente o humor é bom, sou bem animada e até meio idiota, mas confesso que sou bem chata quando quero e me irrito com facilidade quando as coisas não estão do meu jeito.
Cores favoritas: Amarelo, preto, vermelho e azul... são as mais básicas e legais para mim.
Um seriado: No momento ando vendo True Blood e Pushing Daisies. Nada a ver um com o outro, mas são ótimos.
Frase ou palavra mais dita por você: "Tô com fome/sono"
O que achou do selo: Super fofo e adorei ser indicada.
Blogs indicados: Ana, Vinicius, Fabricia, Ju, Lari e Gabi. [6]

Música

O que não te mata te fortalece: Stronger !

segunda-feira, novembro 28, 2011


São praticamente 3:30 da manhã e eu quero ir direto ao assunto, sem levar em consideração toda essa minha demora... então vamos lá: Stronger !
Estou falando nada mais, nada menos que Kelly Clarkson. Eu amo vozeirões, parece que uma música ganha uma força quando tem aquela explosão. Eu adoro ! Conheci ela no tempo que ela tinha recém ganho o American Idols, como a maioria das pessoas, quem não se lembra da tão famosa Breakaway que a Avril escreveu para ela ? Eu lembro e foi assim que me apaixonei por ela. Depois do cd de estréia 'Thankfull', tivemos 'Breakaway', 'My December', 'All I Ever Wanted' e agora 'Stronger'. Como todos os outros cds, ele diz bem quem a Kelly e o tipo de música dela. Músicas fáceis de ouvir, com refrão legal e que te deixa cantarolando por aí. O primeiro single  já chega encabeçando o álbum, e é 'Mr. Know It All', segundo a própria Kelly a letra fala sobre "pessoas ignorantes que pensam que sabem tudo sobre alguém" depois vem a que dá nome ao cd, 'What Doens't Kill You (Stronger)'. O refrão é tudo e a letra da música fala sobre terminar com alguém de ficar mais forte com isso ao invés de choramingar pelos cantos. Em suma o álbum fala de amor, pés na bunda e relacionamentos confusos... o de sempre para qualquer artista pop, mas o que vale mais, na minha humilde opnião, é a voz. Me pego pensando alguns dias, se todos os que se dizem cantores realmente cantassem, seríamos nós, míseros ouvintes, plenamente felizes. Chega de só um rostinho bonito, de curvas no lugar e blá blá blá, eu quero voz, VOZ !
Voltando as faixas, temos 'Dark Side' e 'Hosnetly' que são nem tão agitadas e nem tão lentas, seguidas de 'You Love Me' que é, pelo vídeo que eu vi, a favorita dela e assim que vocês ouvirem saberão o por que. Bem baladinha pop e letra bacana, umas das minhas favoritas também. Depois tem 'Einstein' que diz assim "posso não ser o Einstein, mas eu sei que burro + burro = você" =] 'Standing in Front of You' é bem lentinha, para dar uma paradinha para respirar, mas já voltando ao agito com 'I Forgive You' e o refrão grudento de 'Hello'. 'The War is Over' me lembra uma outra música que eu gosto, mas não consigo lembrar direito, se alguém conseguir pescar...  'Let Me Down' tem uma pegada mais rock, que tem a cara dela, totalmente. Uma das favoritas para mim. 'You Can't Win' é bem divertida e parece um pouco minha história quando criança, quando tu está certo, tu está errado... quando vai, dizem para voltar e essa coisas, hehe, me identifiquei :P O cd acaba com 'Breaking You Own Heart' bem calminha , meio cowntry e letra melosa.

Mas quem pensa que acabou por aí, está muito enganado, quem tem o Deluxe, como eu, ainda tem mais 4 faixas, 'Alone', 'The Sun Will Rise' com Kara Dioguardi, 'Don't You Wanna Stay' com Jason Aldean, super cowntry e a voz dela também... phoda. E por fim, outra favotita minha, 'Don't Be a Girl About It', que fala de ao invés de a mulher estar reclamando que tudo muda no relacionamento, chora e fica brava, é o homem.
Como ainda não tem nenhum clipe, fui a procura dela cantando ao vivo, no gogó, umas da músicas, e achei ela no DWTS (Dance With the Stars) a música 'Mr. Know It All', com um casal dançando tão lindo que eu congelei quando eles apareceram e babei. Babem também.


Tudo isso era o post de hoje, espero que tenham gostado e que ouçam o álbum dela, fale a pena. Espero que não tenham ficado bravos com meu sumiço, eu voltei, e vou passar em cada blog, prometo. Theme novo, tomara que dure. Amo vocês. Bjs.

Pessoal

Passei !

quinta-feira, novembro 03, 2011

Passei ! Acreditam ? Fiquei super nervosa e no fim deu certo, hehe !
Para quem não sabe do que eu estou falando, eu explico: dia 25/10 eu fiz uma prova de Teatro para ver quais eram minha habilidades para poder cursar esse curso. Resumindo era mais para eles, e eu, não perderem tempo com quem não tem "talento" para a coisa e sair por aí fazendo Teatro. Não que eu seja muito talentosa, acho eu, mas tenho meu charme e representar Otelo, super nervosa, tremendo e quase chorando não foi nada fácil.
O resultado era para sair no dia de hoje, 03/11, mas não me impediu de entrar no site da UFRGS todos os dias para conferir se iria estra lá. Quando eu ia quase esquecendo de ver, levando em consideração que hoje foi minha folga, ontem foi feriado, estou super empolgada pela Feira do Livro e tudo mais, eu ia esquecendo, mas lembrei, entrei e o que eu encontro ? Olhem só:


A foto está pequena pois era grande e não ia caber na página, então para poder ver é só clicar nela, mas apertando os olhinhos dá para ver que está escrito APROVADO. Bom, a primeira parte ya se fue, agora a meta é passar no vestibular. Vou até me empenhar um pouquinho mais, estudar o que eu errei no ENEM para não erra dessa vez e ver no que dá. Obrigada por quem torceu por mim e me desejou sorte nos posts anteriores, não me abandonem agora, hehe. Beijocas :*


Uma editada só para ficar registrado que mudei o theme do blog hoje, 06. Vou falar mais no próximo post, mas críticas, só comentar. Bye.

Pessoal

Provas e mais provas...

sexta-feira, outubro 28, 2011

Olá, a sumida apareceu para aparecer as novidades que sumiram, tchanaam. Depois de quase 3 semanas sem postar, pois queria chegar com os acontecimentos dos ENEM e da tal prova de Teatro, estou de volta. Para isso tive que dar um certo tempinho longe dos teclados, mas aqui estou, sobrevivi ao tsunami.

Para começar vamos falar do ENEM, e antes de mais nada quero deixar minha indignação pois já estão querendo cancelar o infeliz. Me matarei com uma faca sem ponta, de serra e sem fio se isso acontecer. Mas sem lenga lenga, o que aconteceu comigo foi o seguinte: no 1º dia, que foi o mais punk devido as questões complicadas, não teve muita maluquice a não ser pelo fato que eu dormi no meio da prova. Não aguentei de sono e dei várias cochiladas entres uma pergunta ou outra. Nada de mais. Pelo fato de estar morrendo de sono não consegui ficar parada na cadeira, me mexi tanto que tenho certeza que a guria de trás queria minha morte. Derreti horrores nos 2 dias, porque o aqui tava queeeente pra caralho e morri de fome pois não tinha certeza se podia levar alguma coisa para comer.
O mesmo erro não se repetiu no segundo dia, onde eu fiz praticamente um picnic na sala, mas como um acerto vem 2 erros, no mínimo, e o dia estava mais quente que o anterior e meu chocolate derreteu na primeira hora da prova, minha água ferveu e morri de sede. Mas sem sombra de dúvida e com a mais perfeita burrice, o meu maior erro foi ter esquecido a merda da caneta em casa, que no dia seguinte descobri que ela esatava lá o tempo todo bem escondida num bolso da bolsa. Na hora a fiscal me emprestou e deu tudo certo. Na hora da saída o chocolate podia ser tomado de canudinho então tive que levar na mão a viagem inteira. Além disso, mais coisas confusas aconteceram também, como chegar no local da prova com o zíper da calça aberto, derrubar o suco de chocolate no banco de trás no ônibus ou descer dele com o cinto do avesso... coisas básicas, rotinas do dia a dia.

No domingo terminei de ler Otelo, na segunda ensaiei bastante e decorei todo o monólogo. Na terça foi a hora da verdade. O horário marcado era 13:00, cheguei lá e estava lotado de gente, saindo porta fora, nos chamaram, separaram em 2 grupos e esperamos em uma sala. Nas salas ao lado, era onde estavam os professores que iam nos avaliar. Eu fui chamada logo no começo pois era por ordem de inscrição. Fiquei esperando fora da sala enquanto um guri fazi o teste dele... só para deixar constatado, eu estava calma, apesar de um pouco anciosa, mas calma. 10 minutos depois ele sai da sala e eu me apavoro. Começo a tremer loucamente, meu coração despara e vai parar na boca e me dá uma mijadeira. Foi um caos ! Ele finalmente me chamou, fechou a porta e disse como iria ser e quando eu quisesse poderia começar. Dei um tempo para respirar e começei, tremendo, o monólogo. No meio da fala eu me embolei e esqueci... parei. Ele disse para continuar de onde eu tinha parado, começei de novo e fui até o fim, mas não me lembro do que fiz com as mãos, os pés ou a cabeça, só me lembro de me concentrar muito na fala e não esquecer de novo.
Depois disso a professora  me deu um envelope para sortear o que ia ser a minha improvisação, o papel que eu peguei estava escrito: "Encontrou objeto precioso no hospital."... minha cara de interrogação foi muito feia... o que eu ia fazer, não fazia idéia. Joguei meu relógio no chão e fiz que achei ele, que não sabia o dono e com a dúvida se eu  pegava para mim ou não. Foi basicamente isso, foi horrível. Depois ela fez algumas perguntas sobre o livro e fui embora.

Na saída liguei para casa, minha mãe atendeu e desandei a chorar. Falei que tinha sido horrível e que eu esqueci a fala e estava tremendo demais. Desliguei. Consegui me recompor e fui ver meu namorado no trabalho dele. Quando eu vi ele, chorei de novo, chorei como criança que deixou cair o pirulito na areia. Depois de muito choro, fui para o trabalho e contei essa mesma história por, no mínimo, 15 vezes. Consta no Manual do Candidato que o resultado sai até dia 03/11. É esperar para ver.

O post foi longo, eu sei, mas tinha que contar. Vou ansiosamente olhar o site da UFRGS até dizer o resultado. Torçam por mim, por favor. Bjs bjs bjs, amo vocês.

Pessoal

Incertezas

domingo, outubro 09, 2011

Geralmente eu não gosto de falar do meu futuro, ou sobre o que eu quero fazer da minha vida, até porque a resposta será somente uma: "Eu não sei" Nunca soube, não sei e pelo jeito vou demorar a saber. Tenho 20 anos e muita coisa aconteceu, já pensei muitas maluquices, desde criança. Já quis ser veterinária, professora, cantora, dançarina, atriz, simplismente famosa, já quis nunca mais levantar da minha cama e não ser droga nenhuma, já quis ser dona de casa, modelo, médica, designer, alcoólatra, piranha, e até mesmo outra pessoa... mas nada disso diz o que eu quero ser hoje, talvez esteja criando o que vou ser amanhã, mas por enquanto fica aquela incerteza pairando.
Em 2007 quando terminei o infeliz ensino médio, com os meus lindos 16 anos, só queria vagabundear. Naquela época eu pensava "Estudar, nunca mais!" e quando ainda não tinha nem feito um ano que o inferno tinha acabado, começou outro: quero voltar para o colégio desesperadamente, quero voltar a ter 13 anos e fazer tudo de novo. O sonho dos meus pais sempre foi o deu eu fazer facul depois do colégio, não que eles fizessem pressão sobre isso, pelo contrário, eles mal falavam, mas no fundo eu sabia. É claro que 4 anos depois esse sonho já murchou, apesar de todo esse tempo eu sempre trabalhar, parece não ser a mesma coisa.

Nesse meio tempo cheguei a fazer um curso técnico de Radiologia, mas achei um saco, fiz até a 3º sementre e cancelei antes do estágio. Podem me matar, minha mãe também tentou, mas fui eu que paguei, eu que não aguentava ir mais nas aulas e ouvir sobre íons, kVs, colimar na área certa, blá blá blá. A melhor parte, confesso, foi a médica. Amei saber as funções de órgãos, os nomes de cada ossinho do corpo, as aulas de enfermagem - até aprendi a esfaquear alguém do jeito certo. Nesse instinto médico dentro de mim que até hoje tenho vontade de assistir aulas de dissecação, parece meio nojento, mas criei uma certa fascinação.
No ano passado eu já tinha pensado em prestar vestibular e minha primeira opção era Teatro, mas tem uma prova de habilitação específica antes do vestibular para ver se tu é apta para cursar esse curso. Essa prova consiste em um monólogo, perguntas do juri e improvisação. Eu fiquei toda mijada só de saber e pulei fora. Um ano se passou e esse ano eu disse que ia tomar coragem e encarar a tal prova, mas ainda estou tremendo nas bases, mesmo assim fiz minha inscrição, paguei e a prova já está marcada para dia 25/10. Vou deixar aqui para vocês verem o texto do monólogo. Otelo - William Shakespeare.

Emília - "É claro que não faria semelhante coisa por um anel duplo, nem por algumas peças de cambraia, de linho, nem por vestidos, anáguas, nem por chapéus, nem por qualquer pequeno adereço, mas pelo mundo inteiro!... Mas eu acredito que, quando as mulheres caem, é por culpa dos maridos, se não cumprem seus deveres e derramam nossos tesouros em regaços estranhos, ou, então, estalam em ciúmes mesquinhos, impondo-nos restrições; ou, ainda, nos batem e reduzem por despeito nosso orçamento habitual, então sim, não somos pombas sem fel e, embora possuamos certa virtude, não temos falta de espírito de vingança. Que os maridos fiquem sabendo que suas mulheres possuem sentidos iguais aos deles; vêem, cheiram, possuem paladar, não só para o doce como para o amargo, exatamente como eles possuem. Que procuram quando nos trocam por outras? Será prazer? Acho que é. São levados pela paixão? Acho que sim. É fraqueza que os faz errar assim? Acho que é também. Pois bem, não temos nós paixões, desejos de prazer e fraquezas como têm os homens? Tratem-nos então bem! Caso contrário, saibam que os males que nos causam nos autorizam a causar-lhes outros males!"

Lendo assim parece fácil, apesar da linguagem antiga. No geral eu tenho que ler a peça completa, saber todinha para depois ser questionada sobre ela. Estou em um desespero e cogitando a possibilidade e não ir na tal prova e prestar vestibular para o curso de escape, Publicidade e Propaganda, e deixar como está. Já procurei lugares onde tem curso de teatro, aulas e tudo mais, mas não bate com o meu horário do trabalho. Realmente não sei o que faço, as gurias do trabalo disseram para eu deixar de ser medrosa e 'encara os cara' e a Dani sempre me diz que a Globo está me perdendo... bom se fosse, hehe !
É com esse faço ou não faço que deixo vocês hoje. Por enquanto a incerteza, amanhã o absoluto... me aguardem.

' I swear the world better prepare for when I'm a billionaire.'

Livros

Resenha: Visão do Além

sábado, setembro 24, 2011

Visão do Além - Harper Connelly Mysteries
Charlaine Harris // Editora Lua de Papel
Harper Connelly e seu meio-irmão, Tolliver, são especialistas em realizar o serviço (encontrar cadáveres de pessoas desaparecidas), receber o pagamento e partir rapidamente, pois as pessoas que os contratam têm o estranho hábito de não querer ouvir o que eles têm a dizer. E à primeira vista, a experiência com os moradores da pequena cidade de Sarne, nas Montanhas Ozarks, parece não ser diferente. Uma adolescente está desaparecida, e Harper sente imediatamente que ela está morta. Mas os segredos que envolvem este assassinato e a própria cidade são profundos demais até mesmo para que a habilidade especial de Harper consiga desenterrá-los. Ao perceber a hostilidade crescer ao redor deles, ela e Tolliver querem apenas resolver o assunto e ir embora, mas então outra mulher é assassinada... E o criminoso ainda não terminou seu trabalho...
Primeira resenha...então, como começar ? Vou tentar não me extender, mas vai ser complicado.
Já sabia que o livro iria ser bom quanto vi a autora, melhor ainda quando li a orelha. Para quem não sabe a Charlaine Harris é a autora dos livros que deram origem a série True Blood que passa na HBO, que por sinal eu amo de paixão, então sabia que deveria esperar alguma coisa do gênero. E não me arrependi.

Harper é uma mulher de 26 anos que depois de ter atingida com um raio quando tinha apenas 10 anos, começa a saber quando tem uma pessoa morta. Que no seu caso, ela usa esses 'poderes' para encontrar pessoas mortas. Esse é o seu trabalho. Dado informações como onde a pessoa estava pela última vez ou onde provavelmente é seu paradeiro, ela acha, como agulha no palheiro, o corpo. Como ? Ela sente ! Ela ouve um zunido, como uma coisa apitando em sua cabeça e cada vez que ela chega mais perto aumenta e se espalha por seu corpo e tcharam... achou o corpo do morto. É meio que a alma dessa pessoa chamando para ser encontrada. Ela também consegue 'ver' os últimos segundos dessa pessoa, sabendo como ela morreu e como se sentiu em seus últimos momentos na Terra. Passou na infância por alguns perrengues, sua mãe casou com outro homem que já tinha 2 filhos mais velhos, e o principal é o Tolliver, que acompanha ela nesse trabalho maluco pelo país afora. Eles tiveram uma amizade muito grande desde que se conheçeram e conseguem se entender sem muitas palavras... poucos olhares já bastam. Ele é como se fosse o guardião dela, achei ele super fofo e fodão !

Nesse vai e vem, eles são chamados para prestar serviços em uma cidade de inteior chamada Sarne, para procurar uma guria que já estava desaparecida a um certo tempo e já tinha sido dada como morta. Acostuma a não ser muito bem recebida onde vá pelo ser estilo de trabalho, não é nada direfente o tratamento em Sarne, o que muitas vezes dificulta os afazeres. Sua função básica é achar o corpo, pegar o dinheito do pagamento e largar fora, mas eles tiveram que permaneer mais um pouco para o reconhecimento do corpo. Essa guria, chamada Teenie, era namorada de Dell, um guri de uma família rica da cidade e filha de uma ex-alcoólatra, e cuja irmã, Sally,  tinha morrido antes destes acontecimentos. Dell, foi encontrado morto em uma floresta mais distante da cidade, alegaram que ele teria matado Teenie e cometido suicídio. Harper, como é capaz de saber como foram suas mortes, tem certeza que os dois foram assassinados, mas como sua intenção é receber o pagamento e ir embora para outros serviços, ela não quer se meter e deixar que a polícia resolva.

Infelizmente, como nem tudo na vida são rosas, a mãe das duas vítimas é assassinada assim que eles conseguem sair da cidade e são solicitados de volta... como eu não quero contar todo o livro para vocês, só posso dizer que: eles se veem tentando resolver esse quebra cabeça, onde todos da cidade parecem estar entrelaçados de alguma forma, até mesmo o policial Hollis, marido da Sally que foi assassinada, e que se envolve com Harper. Digamos que a o mistério somente é revelado, literalmente, nas ultimas 4 páginas.

A titia Charlaine me deu uma suadeira para conseguir chegar no final, viu !? Totalmente recompensada. E esse é apenas a ponta do iceberg, pois essa série continua com: "Surpresa do Além", "Um Frio do Além" e "O Segredo do Além"... que pelo que parece vai demorar bastante até chegar nas livrarias.

E depois de toda essa babação de ovo, só quero apontar os pontos negativos do livro, que na minha opnião foram em relação a editora: o livro tem alguns erros e descuidos de português, como 'aráz' no lugar de 'atráz' ou 'mão' ao invés de 'mãe'. Uma outra coisa que me incomodou bastante foi os travessões nos diálogos... onde deveria ter, não tinha e onde não era uma fala tinha travessão. Isso eu acho que foi o pior, mas não deixariade ler por causa disso.

Espero que tenham gostado da resenha, apesar de ter sido enooorme, e caso alguém vá ler o livro, que goste tanto quanto eu. Confesso que não consegui falar tudo que queria, mas se tiverem dúvidas é só perguntar. Boa leitura ! Beijux.

Meme

90 coisas sobre Sharon

quinta-feira, setembro 15, 2011

Achei esse meme por aí - créditos no fim - e dei de postar. Um fato interessante é que depois que eu achei o meme, respondi e deixei guardadinho para quando eu não tivesse assunto, várias outras blogueiras respondem e o mais irônico: me indicaram. Lutei contra a força de não postar tão cedo, mas não aguentei e aqui está ele... só espero que vocês não me achem ainda mais estranha do que já sou.


Nome completo: Sharon Jacqueline de Souza Domingues
Data de nascimento: 13.02.1991

Qual foi sua...
1. Última bebida: Coca-cola
2. Última ligação: cel da Oi do Leandro
3. Última mensagem de texto: "Não demora para volta, tô esperando. Bj." para mamãe
4. Última música que ouviu: Bellissimo Cosi

Você já....
6. Saiu com duas pessoas ao mesmo tempo? Sim, não façam isso !
7. Foi traído? Acredito que sim
8. Beijou alguém e se arrependeu? Sim
9. Perdeu alguém especial? Sim
1O. Ficou deprimido? Muitas vezes
11. Bebeu muito até passar mal? Não bebo, só refri =]

Pessoal

Amor felino

segunda-feira, setembro 12, 2011

Dizer que eu não amo gatos é mentir para vocês e principalmente para mim mesma. Não é atoa que meu theme mais atual é super felino, só faltam os bigodinhos, hehe. Esse amor vem, além dos próprios felinos, das pessoas que enchotam, chingam, chutam, odeiam tanto eles e balançam o rabo (que não tem) para os cachorros ou qualquer outro animal. Acho muito, se me perdoem a palavra, idiota colocarem os gatinhos lá me baixo, sendo que o rei da selva, nosso maravilhoso e pomposo Leão é um felino. Já ouvi muita genete falando que gato é nojento, traiçoeiro, sujo, etc. Realmente o gato é um animal um pouco vingativo, ele guarda aquela mágoa por bastante tempo se precisar, meio memória de elefante, mas porque ele vai te fazer alguma coisa se tu não fez nada ? Aí é que tá, se tu maltratar qualquer animal, até mesmo o cachorro, ele vai dá o troco, pode esperar. Quanto a independência, sim, o gato é independente. Se tu largar um gato e um cachorro sozinhos por alguns dias é mais fácil o cachorro morrer de fome do que o gato. Ele sabe se virar sozinho melhor.
Só para mérito de informação, eu não sou contra cachorros, adoro eles, mas tenho uma amor por gato por conta do bullying exagerado que eles sofrem. Não sei se todos, mas a maioria das pessoas que eu conheço tem gato ao invés de cachorro e não abre mão. Parece que as pessoas com pensamento fora do padrão têm essa tendência, hehe, meio bobo, mas no meu meio está meio assim.
Não acho que tu vá ter uma obsessão pelos gatinhos só por me ver falando isso, mas deve-se ter respeito. Quantas crianças por aí colocam fogo no rabo, colam ele na privada, põe bebida na água alá Jr. Kyle ou qualquer outra maldade ? O índice de crimes contra cães é bem menor e mesmo assim não vejo campanha "Adote um gatinho".


Para quem não tem um gato em casa vale levar em consideração tudo isso que eu falei do gênio felino, mas se tu for realmente amigo dele, ele vai até parecer um cachorrinho. Não há nada melhor que dormir com o romrom bem quentinho. Tá certo que eu sempre fui meio Felícia para os meus, mas nunca maltratei... amor nunca é demais, eles tinham até bolo de Whiskas no dia do aniversário =]
Não quero contar para vocês as trágedias animais na minha vida em que perdi meus peludos, mas sinto muita falta da Sandy e do Gordo. Sem esquecer a Xikynha, minha cadela abusada.
Mamãe ama vocês onde quer que estejam.
Para por fim na falação, tem um site que fala só de gatinhos que achei a muito tempo, que é o Beco dos Gatos. Naquela época achei esse manual dos gatos por eles mesmos e achei tão fofo que publiquei no meu Tumblr. Demorei, mas achei a página onde estava e voilà.

Manual dos Gatos:
· Faça do mundo o seu playground.
· Sempre que não der tempo de ir até a caixa sanitária, cubra com qualquer coisa! Meias resolvem satisfatoriamente.
· Quando estiver com fome mie bem alto! Eles o alimentarão apenas para faze-lo ficar quieto.
· Sempre encontre algum raio de sol e cochile nele.
· Cochile sempre.
· Quando estiver encrencado, apenas ronrone e faça cara de "lindinho".
· A vida é muito difícil, então cochile.
· A curiosidade nunca matou nada, a não ser umas poucas horas.
· Quando na dúvida, finja saber o que está fazendo.
· O tempero da vida é variar. Um dia, ignore as pessoas, no outro as chateie.
· Suba na vida, é para isso que as cortinas servem.
· Deixe sua marca no mundo, ou ao menos borrife em cada canto.
· Seja sempre generoso, um passarinho ou camundongo deixado na cama diz a eles  "eu me importo".
Por hoje é só. Um grande miado e uma passadinha nas penas de vocês para arrematar.
Lambidas :P

Filmes

Saindo das páginas

sexta-feira, agosto 19, 2011

Eu como uma fãzona de livros, filmes e séries, não podia deixar de me apaixonar ainda mais deles quando há aquela conexão que deixa tudo melhor. Entenderam ? Não !? Eu explico. Acho que todo mundo aqui sabe que inspiração para filmes e séries não brotam em árvore, por isso muitos deles são inspirados/baseados em livros. Tem coisa melhor que descobrir que sua série favorita tem origem um livro ? Se você é bookaholic é claro que não. Além de poder ver, tu também pode ler e ler e ler várias vezes o livro =] Sendo assim fiz uma relação bem básica deles...

Começemos com os clássicos como "E o vento levou" de Margaret Mitchell,  "Crime e Castigo" de Fiódor Dostoiévski, "Bonequinha de Luxo" de Truman Capote,  "O Mágico de Oz" de Lyman Frank Baum, "Alice no País das Maravilhas" de Lewis Carroll, "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry e "Entrevista com o vampiro" de Anne Rice.

Os inesquecíveis como "Harry Potter" de J.K. Rowlling, "O Senhor dos Anéis" de J. R. R. Tolkien, "O Poderoso Chefão" de Mario Puzo, saga "Crepúsculo" de Stephenie Meyer, trilogia "Millenium" de Stieg Larsson, "10 coisas que eu odeio em você" e "O Rei Leão" de Shakespeare, "O Corcunda de Notre Dame" de Vitor Hugo, "Ensaio sobre a cegueira" de José Saramago e "Laranja Mecânica" de Anthony Burgess.


Autores super cotados como Nicholas Sparks ("Querido John", "A Última Música", "Noites de Tormenta", "Diário de uma paixão", "Um Amor para Recordar" e "Uma Cartade Amor"), Jane Auten ("Emma", "Razão e Sensibilidade", "Orgulho e Preconceito" e "Persuasão"), Dan Brown ("O Código da Vinci" e "Anjos e Demônios") e Stephen King ("Carrie, a estranha", "A Espera de um milagre" e "O Iluminado").

Não esquecendo os brasileiros se não o Oswaldo me mata: "Dona Flor e seus dois maridos" e "Gabriela, cravo e canela" de Jorge Amado, "Lucíola" e "Iracema" de José de Alencar, "Malu de Bicicleta" de Marcelo Rubens Paiva, "Bruna Surfistinha" de Raquel Pacheco e "Capitu" de Machado de Assis.

Por fim, mas não menos importantes, as séries que tanto me fazem felizes nas minhas folgas: "Pesadelos e Paisagens Noturnas" de Stephen King, "Dexter" de Jeff Lindsay, "The Vampire Diaries" de L.J. Smith, "Pretty Little Liars" de Sara Shepard, "True Blood" de Charlaine Harris, "Bones" de Kathy Reichs, "Gossip Girl" de Cecily Von Ziegesar, "Game of Thrones" de George Martin, "Sex and the City" de Candace Brushnell, "Privileged" de Zoey Dean, "Os Maias" de Eça de Queiroz e "A Casa das Sete Mulheres" de Letícia Wierzchowski.

Ufa! Resumi na metade, mas mesmo assim a lista foi grande. Podia ficar aqui mais um tempão falando outros filmes e séries, mas ia enche o s**o. Espero que tenha gostado e se não assistiram algum desses, eu recomendo, ou então se já viram, leiam os livros, sempre vale a pena ! Bjos, até *-------*

Fotos

Meme 10 fotos

terça-feira, agosto 09, 2011

Parece que foi ontem que eu fiz um meme, né !? Não te importancia porque eu achei esse super fofo no blog da Mih e a vontade de juntar fotos com maior que eu. Não conti os dedinhos e fiquei até as 6 da matina fazendo, hehe =] Check it out !

1. Divulgue o nome de quem repassou a tag: Mih
2. Poste 10 fotografias de coisas que você mais gosta;
3. Repasse a tag para 10 blogs e notifique o dono: Gabriela, Lari, Maíra, Gabi, Bruna, Pixiie, Lívia, AnaJu e Natalia.



1. Pizza: Diria comer, em geral, pois eu amo comer, mas não há nada como comer uma boa pizza. Pode ser só de muzzarela ou cheia de coisas, não interessa... é super bom.

2. Dormir: Hibernar ! Dormir por horas e horas, só levantar para ir ao banheiro ou comer =]

3. Namorar: Não podia ficar de fora, até porque depois de 4 anos de namoro, se eu esquecer do meu 'gordinho' é um dia de maluco.

4. Música: Nada para fazer ? Ouve música. Passeando ? Ouve música. Namorando ? Ouve música. Fala sério, ela tá em tudo e é tudo de bom.

5. Computador: Eu com certeza sou uma viciadinha, a maioria dos dias fico até amanhecer fazendo sabe-se-lá-o-que. Tipo hoje, hehe =]

6. Amigos: Ficar com os amigos só jogando conversa fora, sair para comer aquela pizza, sessão pipoquinha onde ninguém presta atenção no filme... ai ai... renova !

7. Família: Só uma palavra: base. Não me considero uma pessoa muito família, mas com certeza ela é importante para cada um de nós.

8. Livros: Só que lê sabe como é bom a sensação de acabar um livro com o amor pelos personagens, lembrar por dias a história, querer contar para todo mundo e gritar aos quatro ventos quando o livro é mil vezes bom.

9. Gatos: Tem coisa mais fofa ? Amo. São animais independentes, esnobes, limpos, gostosos e na maioria das vezes gordinhos, ótimos para apertar...ôin !

10. Compras: Momento girlie: comprar dá uma coisa boa por dentro. Aquele cheirinho de coisa nova, me deixa com uma paz.

Fotos: WE♥IT

Pessoal

Aventuras de uma trabalhadora

quarta-feira, agosto 03, 2011

Sabe, trabalhar em uma livraria tem seus altos e baixos. Como uma boa funcionária que sou, gosto de saber um pouco de tudo e, modéstia parte, absorvo muito rápido, aprendo muito rápido, sou uma esponja. Sendo assim eu sei um pouco de tudo em relação ao meu trabalho, o que me dá uma vantagem grande, enoorme em relação os "Clientes Despreparados". Sim, despreparados. Eles são aqueles que saem de suas casas para comprar, oque quer que seja, mas na verdade não sabe oque querem. São aqueles que chegam, na cara dura, em uma livraria e pedem um livro que eles não sabem o nome, não sabem o autor, não sabem a editora, não sabem onde viram e não sabem do que se trata... mas sabem que a capa tem uma faixa amarela ¬¬' É nessas horas que tu pensa: "Mas porque cargas d'agua tu saiu de casa? Volta pro teu buraco!".
É de se pensar que tu entre em um lugar no mínimo sabendo alguma coisa. "Ai, alguém me disse que esse livro é bom, mas eu não me lembro o nome..." Como assim ? Quando tu te lembrar, tu volta!
A minha intenção não é, de jeito nenhum, falar mal de alguém ou dos que ajudam a bater a meta da minha loja, mas sim deixar claro que nós, funcionários, não somos obrigados a saber de tudo. A loja tem no mínimo 20 mil livros e é óbvio que eu não li todos, com certeza não li nem a metade. Sou uma vendedora, não uma bibliotecária. Não carregos seus livros, não leio para os seus filhos, não sou obrigada a ouvir desaforos, não tenho que catar os livrinhos que seu filho maleducado jogou, nem limpar caquinha do chão, muito menos me preocupar com o saquinho de pipoca. Venho aqui com um desabafo e também porque quero dividir com vocês.


Livros são dividos por área (Literatura, Artes, Ciências Humanas, ...), dentro delas por seção (Literatura Estrangeira, História da Arte, Sociologia, ...) e dentro delas por ordem alfabética, geralmente pelo autor e não pelo título. Sendo assim não existe uma área com determinadas capas (duras, moles, espirais ou broxuras) ou muito menos ordenadas pela quantidade de páginas, isso seria impossível. Imagine quantas áreas seriam criadas, quantos livros seriam, sendo um para cada área, ou quanto espaço seria preciso ? Então quando um guri chegou para mim e me pediu isso: "Moça, onde ficam os livros de 112 páginas?", fiquei sem palavras, minha colega respondeu alguma coisa e eu virei as costas e fiquei mais de 10 min rindo. Que bom que eles foram embora, eu não me aguentei.

Claro que tem seus lados engraçados sem a tragédia do 'advinhe que livro eu quero'. Sempre que alguém vem para ti de 'cantinho' pode saber que coisa vem. E o mais provável, com certeza, é o Kama Sutra. Eles chegam falando baixo, com cabeça baixa e bem colados de ti: "Moça, vocês tem Kama Sutra ?  Eu queria dar de presente pra um amigo." Aham, sei... amigo ! Chega a ser fofo. Um rapaz, uma vez, esperou o meu colega homem que estava ali na frente sair e eu acabar de atender para que pegar bem no cantinho onde não tinha ninguém á vista para me pedir o Kama Sutra Gay. Nada contra, não é comigo, eu acho até legal.

No fundo eu me divirto um monte, entra cada maluco e no meio disso vai ter aquela que quero livro que ela viu na Oprah, mas ela não sabe falar inglês e a culpa é tua ou aquele que chega fazendo piada pois não sabe nada, mas fica feliz só de bater papo. Sei lá, acho que é uma terapia reversa ser cliente, despreparados ou não.

"Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida."
Confúcio

Meme

Voltando às origens

quarta-feira, julho 20, 2011

Estou viva ! Por incrível que pareça e depois de mais de um mês longe, eu estou de volta ! Na verdade, confesso que nunca abandonei completamente o blog. Toda noite e me sentava na frente do pc, olhava o blog e pensava "Oque postar?"... mas a preguiça era muito maior e eu ia fazer outra coisa. Nesse meio tempo visitei alguns blogs, ri bastante fiquei por dentro de várias coisas e (sentem!) fiz muito tricô! Sim, tricô, meu novo antigo vício. Antes eu era péssima, mas agora voltei com a corda toda e me viciei. Li razoavelmente pouco, vi 500 filmes, inclusive HP 2ª parte e ouvi muita música. Aos poucos vou deixando vocês por dentro. Mas hoje, como eu vim fazer um post de retorno, vou apenas responder um meme que a Gabi me indicou (sim eu li os teus posts antigos =D) e eu achei que não podia ficar de fora !


1. Existe um livro que você leia muitas vezes sem se cansar ? Qual ?
Acho que o livro que eu li milhões de vezes e rio e choro em todas elas: "Marley & Eu". Meio clichê, mas ele é realmente bom. Foi o segundo livro que eu realmente li (sim, eu entrei no mundo da leitura depois de velha).

2. Se você pudesse escolher apenas um livro para ler o resto de sua vida, qual escolheria ?
Na verdade esse livro eu ainda não terminei de ler, mas já estou na metade e tenho certeza que em 2 dias, no máximo, termino. Para quem leu sabe que "Palavras Envenenadas" é super fácil de ler, o enredo é bom e a história incrível. Eu não dava nada pelo livro, ele tem capa de livro nacional (que eu abomino), mas me surpreendeu e conquistou. LEIAM !

3. Indique um livro para que os outros possam ler.
Eu indico o livro "Sete Desafios Para Ser Rei". Esse livro não é nada novo e eu li ele no colégio, se não me engano na 5ª série. Ele é super legal, uma história tranquila e diferente, acho que é por isso que na época eu li... foi o meu primeiro =] Conta a história de Stach, um garoto pobre e destemido que mora no reino de Katoren e lá tem um rei muito bom e querido por todos que morre no dia de seu nascimento. Por anos o reino ficou sem rei algum e os ministros tem de escolher outro e nisso Stach aparece lá e diz que quer ser rei ¬¬' Eles acham um absurdo e depois de muito discutir dão sete desafios "impossíveis" para ele fazer, caso tenha sucesso será o novo rei. Recomendo !

4. Indique 10 blogs para responder este meme.
Não vou indicar ninguém, pois estou fora algum tempo e não sei se alguém ainda me visita, hehe. Fiquem á vontade de fazer. EU INDICO VOCÊ !

5. Linke o blog que te indicou.
Fluffy

Agradeço a todos os que me visitaram nesse mês e aguardem que irei responder um por um. Bjs.
Luv ya !

Eu meio que vou demorar um pouco para responder todos os comentários, pois tenho pouco tempo. Peço que não fiquem bravas, eu demoro, mas sempre retorno... não gosto de postar antes de responder todos os comentários.
Tem uns blogs que as vezes não consigo deixar comentário, por enquando é: Sapatonices , Change Fearless e Sugar Dance

Textos

Coitados de vocês, homens

quinta-feira, junho 16, 2011

Coitados de vocês, homens, que jamais saberão como é gostosa a sensação de sempre ter a preferência. Vocês que nunca poderão pôr a culpa na cólica ou na TPM; que jamais verão graça em perder um dia todo no shopping, só vendo as vitrines.

Oh, homens, que não sabem como é revigorante falar sobre todo e qualquer assunto com suas amigas; que não têm ideia de como é traumatizante quebrar uma unha; não entendem, de verdade, como é triste acordar com o cabelo oleoso. Vocês, homens, tão ingênuos, nunca enfrentarão a indecisão na hora de escolher um esmalte. Não irão, nem ao menos, poder seduzir alguém fazendo somente um biquinho de birra.
Homens, que acreditam ser superiores, nem sabem como é gostoso e, ao mesmo tempo, cruel estar sobre um salto agulha. Ficarão a vida toda sem saber como é bom ser abraçada por um homem alto e largo, com braços grandes e fortes.

Homens, meninos, caras, garotos... nunca, nunca entenderão quão importante é passar lápis nos olhos antes de sair de casa; quão triste o final de "O Diabo Veste Prada" realmente é; quão sexy um cara inteligente pode ser. Jamais terão idéia de como é legal não precisar atravessar a rua na faixa, já que alguns caras doentes param pra que você possa passar.
Vocês, inocentes, que não imaginam quantas coisas descobrimos durante nossas conversas rotineiras de banheiro; que não sabem como é gostoso morrer de chorar com um pote de sorvete no colo. Homens que jamais poderão reclamar de um corte na perna feito pela Gillette durante o banho; que jamais perceberão como é difícil entender um cara; que jamais poderão gritar ao ver uma barata ou qualquer outro inseto; que jamais, jamais mesmo, poderão ficar em casa só de baby look e calcinha.
Vocês, machistas, que nunca sentirão a tão comentada, e totalmente feminina, dor da rejeição; que jamais saberão como é triste viver sendo paranóica, ciumenta e temerosa de ser substituída. Jamais esfregarão uma perna na outra, tentando afastar uma leve onda de excitação repentina; jamais saberão como é gostosa a sensação que te obriga a morder os lábios ao ver o peito nu de um cara gato; jamais entenderão o prazer existente que há em ler um romance.
Homens, pobres homens, que não sabem, nem nunca saberão, como é gostoso chorar quando há um cara realmente preocupado contigo te abraçando; como é revigorante usar um vestidinho leve quando o calor está infernal; como é comum e extremamente natural o ato de chorar até dormir, molhando todo o travesseiro.
Vocês, garotos, que nunca terão ideia de como nossos assuntos são interessantes e, mais do que isso: masculinos. Nunca poderão ficar o dia todo com as pernas cruzadas. Nunca poderão cantar loucamente, mesmo estando sozinhos, refrões como "HOW DO I GET YOU ALONE?!!!!" e, portanto, nunca entenderão como é gostosa a sensação de gritar enquanto se canta. Nunca poderão fazer vozes estranhas enquanto brincam um bebê ou um animal.

Nunca, nunquinha, vão poder passar um batom básico porque acordaram com a boca sem cor, e, devido a isso, jamais saberão como é revigorante acordar dispondo de uma rica quantidade de batons - úteis ou não. Homens, simplesmente homens, que jamais entenderão como é frustrante usar uma calça com a calcinha marcada; que jamais poderão sequer abrir a boca para reclamar sobre "dores abdominais", já que nenhum homem fala isso; que jamais poderão xingar outros homens que arrotam no meio das refeições; que jamais saberão como é gostosa a sensação de saber que o cara tá afim de ti e ficar somente provocando.
Homens que nunca poderão reclamar de uma garota-sem-atitude; que nunca poderão fazer balé sem serem julgados; que nunca entenderão nosso mundo; que nunca entenderão que, para nós, coisas pornográficas (como revistas, filmes etc) são motivos de risos e não de... tesão; que nunca saberão como é bom ficar excitada sem aparentar.
Garotos, coitados de vocês, que não podem bater na bunda de ninguém; que não podem falar sobre certos assuntos com seus amigos; que não entendem a graça fantástica por trás de "Romeu e Julieta" e acham que é somente mais uma mera história romântica barata. Pobres são vocês, homens, sempre tão garotos, que são completamente abatidos por uma gripe básica e dizem ser fortes. Oh, meninos, coitados, que têm que lidar com todos os pensamentos de garotas ao longo de suas vidas sem jamais conseguir entender um deles sequer. Vocês entenderiam se não fossem meros meninos.
[autor]

Homem é igual cabelo ! Num dia a gente prende, no outro solta, num dia a gente alisa, no outro enrola, dá uma cortada quando precisa, numa semana a gente amacia, na outra é só dar uma batidinha que ele fica ótimo!
Fala a verdade, cabelo dá trabalho... mas você consegue viver careca!?
[autor]

Achei essas duas comus no Orkut com essa textos MARAVILHOSOS e que dizem tudo e mais um pouco e eu não me aguentei... tive que postar para vocês. Os links para as comus estão no fim dos textos. Espero que gostem e, como eu, se identifiquem com TUDO !
Mudei o theme , vocês notaram ? Achei super fofo, todo inspirado no Dia dos Namorados. Apesar de eu não ter comemorado esse ano, mas o blog merece. Amanhã respondo os comentários, bjs.

Meme

Oque eu estava fazendo há...

sábado, junho 04, 2011


Achei esse meme aletóriamente em um blog e achei legal. Ele se resume em dizer o que você estava fazendo...
...há 10 anos ?
Ano de 2001, nessa época eu tinha 10 anos e estava na 5ª série. Ainda os mesmo amigos e mesma rotina infantil: escola, brincar, Malhação, blá blá blá. Se não me engano, foi nessa época que eu ganhei meu primeiro celular, era um da Nokia 2280, que era tri bala, todo mundo tinha e eu e minha amiga Fernanda ficavamos horas e horas mandando mensagem. Tinha também um tipo de um chat que, não sei que cargas d'água não cobrava e nós conhecemos vários gatinhos por lá. Eu já estava começando a ficar mais saídinha, apesar de já saber das coisas eu não fazia... tri malandra. Mas uma coisa que mudou minha vidinha e que meus pais jogaram em mim no fim do ano, era que eu iria mudar de colégio... o teto caiu na minha cabeça, chorei litros, mas foi um novo passo e agradeço por ele. 
...há 7 anos ?
Já no colégio novo - e partiular - há 3 anos eu "Amava Muito Tudo Isso". Fazia parte da fanfarra (ou banda) do colégio, ficava horrores e não pensava em namoro, já começei a querer sair de noite, enfim... evolução ! Todo ano, nesse colégio novo, tinha um mega evento que a cidade toda vinha ver, mas valia nota para nós. O nome é Festiblagem (Festival de Dublagem) e todos os alunos tinham que participar. Apresentar alguma coisa, dublando alguém, ou pelo menos servindo de equipe de apoio, eu claro, como sou super mitidinha a me aparecer, me apresentei em todos e queria fazer uma apresentação épica... é claro que no fim saia qualquer coisa e os riquinhos do colégio mandavam ver e eu só assistia, mesmo assim o que valia para mim era subir no palco e cantar. Foi em uma dessa que eu dublei a Christina Aguilera com a música Beautiful e na platéia, bem pertinho de mim, tinha um guri que eu gostava, eu cantava olhando para ele, foi mara !
Mas como a vida não é perfeita, naquele ano mais uma bomba ia cair para mim: meus pais se separam / meu pai vai morar em Curitiba / tempos depois eles voltam / meu pai não quer mais moram em Paranaguá / eu não quero morar em Curitiba / estamos voltando para Porto Alegre !
...há 6 anos ?
Depois dos trágicos aconteciments em 2004, voltamos depois de 8 anos para Porto Alegre e eu estou perdida. Amigos novos, cidade nova, canais de TV novos. Passo esse ano inteiro com uma falta de ar do caramba... o que fazer ? Voltei para uma escola pública, o que não seria ruim se não fosse a pior escola da cidade, a esquecida pelo governo, a que os alunos são linchados do prédio e o muro é muito fácil de pular. Na verdade, sem muitos acontecimentos, conheci meu lado rock n' roll mais a fundo e dava bandinhas na Redenção, não que eu gostasse daquela monte de gente vestido de preto com cabelo sujo e tomando vinho babado, mas eu queria sair. O passeio era só pela tapioca da baiana. Só !
...há 4 anos ?
Ah, o meu ensino médio foi um fiasco, matei muita aula, fiquei pouco, saí pouco, dormi muito, colei muito, não tive formatura, que foi o pior de tudo que já me aconteceu nesse colégio podre. Dá para acreditar que todos que passaram por ali tiveram que correr atrás de sua própria formatura ? A escola não fez nada, nem deu as horas. Era "cada um por si e não mexe nas minhas coisas". Nós até que tentamos, vendemos bolo, salgados e refri na hora do intervalo para dar uma grana e o que faltasse nos iríamos dar em dim dim... só deu merda. No fim acabamos dividindo o dinheiro entre todos e cada um para o seu lado.
E dentro de toda essa confusão tem uma coisa boa: foi nesse muquifo que eu conheci meu namorado. Meu Leandrinho que me atormenta a paciência e que está comigo até hoje. E foi oficialmente nesse ano, em 2007 que ficamos e um mês depois namoro =]
...há 2 anos ?
Basicamente, depois de terminar o colégio fiquei um ano inteirinho sem fazer nada. Então em 2009 eu fui á luta e arrumei meu primeiro trabalho. Realmente foi os primeiro que me aceitaram e eu me joguei de cabeça, mal sabia eu que ia ser um inferno. Virei promotora de cartão, sim, aquelas chatas que te atacam quando tu entra em uma loja e querem te enfiar um cartão. Essa era eu, com uma missão impossível de fazar 180 cartões por mês em uma loja nova, em um shopping super contra mão e sem a mínima vontade de fazer essa abordagem agressiva, muito menos de entregar panfleto na rua, de noite e no inverno. Resultado: fui demitida antes dos 3 meses de experiência acabar.
Naquele mesmo ano, um mês depois virei recepcionista em um restaurante chique na esquina da minha casa. O lugar era novo, a comida era diferente, os funcionários só reclamavam e eu e uma colega dançávamos horrores no hall. Cinco meses depois o restaurante faliu e eu estava na rua de novo. Por sorte a dona, que era uam amor de gente, trabalhava na Pizza Hut também e me arrumou uma coisinha lá dentro. Estava lá indo eu para 2 anos de operadora de atendimento.
...ontem ?
Apesar de este mês eu ter feito 4 anos de namoro, nossa relação está meio amarela. Tá complicadao, mas estamos tentando dar a volta por cima e ontem eu estava lá dando o meu melhor lado simpático para ele, pois ultimamente de mim ele só ganha patada. É bom de vez em quando ter dias legais, faz bem para alma.
...hoje ?
Cheguei atrasada no trabalho, me vi atolada de livros e feliz porque a Tereza estava de folga e não ia me encomodar. Apesar disso eu estava meio para baixo... dia estranho esse.
...amanhã ?
Provavelmente terei muito mais o que fazer, levando em consideração que é sábado e o shopping vai bombar. Rezem para que não tenha tanta gente maluca e reclamona.


Post grande, mas espero que gostem. Quem quiser fazer sinta-se FREE.
xoxo

Cenas do cotidiano

Um lugar a menos...

quinta-feira, maio 26, 2011

Então eu tinha me arrumado toda. Depois de ter passado a minha folga todinha deitada vendo The Vampire Diaries pela milésima vez. Bem bonita, bem cheirosa, botinha de salto, muito rímel. Liguei para ele:

- Te arruma e pede dinheiro que nós vamos sair.
- Onde nós vamos ?
- Não sei, não importa, vamos sair e deu...
- Tá, mas onde ?
- Sei lá... vamos comer alguma coisa.
-  Tá, tchau !
Eram mais de 8 da noite e eu fui me encontar com ele no lugar de sempre. Caminhamos um pouco até a lancheria e pedimos. Cada um tinha 10 pila para gastar pela metade, sendo que isso vale até o fim do mês.

Comemos, bebemos, pedimos um chiclets e fomos pagar. Lembrando que: era minha folga, eu iria trabalhar no dia seguinte e ainda iria fazer chapinha, sendo assim minha bolsa tinha chapinha, blusa, carteira, tênis, maquiagem e tudo o que mais pode caber.


Foi daí que na hora de pagar eu não achava minha niqueleira com meu dinheiro. Pânico total ! Revirei minha bolsa inteirinha e nada, ele olhou de novo, e nada. Eu desesperada pela pressão do japonês me olhando, eu pensando o que eu vou comer amanhão no intervalo sem dinheiro e já eram quase 11 horas e eu estava muito longe de casa. Lembrei do meu VR e, na cara dura, pedi para o japonês fazer os 14 pila por 12... e ele fez, com muita má vontade, mas fez.

Guardei tudo de volta na minha bolsa, já super sem graça por quase comer fiado e sem querer o olhei o balcão e lá estavam meus chiclets. E agora, o que fazer ? Levo ou deixo ?
Eu simplesmente apontei para eles e fiz cara de idiota para o japonês e peguntei:
- E o chilets, tu quer ficar ?
Ele me deu uma olhada de canto de olho, levantou os ombros e disse;
- Hm, leva !
E nós dois saímos mais vermelhos que um tomate.

Já na rua, liguei para casa para saber se estava lá a tal niqueleira, mas não estava. Depois de muito pensar, me deu um estalo: o tênis.
- Leandro, olha dentro do tênis, dentro da bolsa.
E era lá mesmo. Maldito seja.
- Tu quer voltar la ? - eu perguntei.
-  Nunca mais eu volto lá - ele disse, e riu.
- Nem eu.

Blog

Meu mimo

domingo, maio 22, 2011

Fim de semana passado recebi uma cartinha com um mimo da Gabi. Ela fez um post qe dizia todo o amor pelo seu blog e afins, criticando seu lay suuper rosa (e super lindo!), ect. No fim ela achou legal dar um presentinhos para os assíduos, ou os mais legais, ou os que deu na telha dela, enfim, mandou para mim um mimosinho que eu adorei, com uma frasesinha bem do tipo que eu escreveria para ela, hehe. Emfim, amei !


Sharon!
Nem sei como agradecer pelos comentários tão fofos que você deixa no meu blog. Por isso fiz essas simples lembrancinhas para você lembrar que é sempre muito importante a sua presença lá, ainda mais quando é uma gaúcha! ^^ Espero que um dia a gente se esbarre em uma livraria por aí!
Com muito carinho, Gabi.

Hoje, eu vim mesmo para mostrar isso, que é super fofo, para vocês, amanhã se der eu volto com um assunto que, fora a Gabi, possa ter realmente o que comentar.
Bjs.

P.S: Gabi, não sabia ao certo se era para revelar ao público, mas só quero que tu saiba que eu amei de montão e uso ele todos os dias, faço coleção deles e é o mais lindo de todos, ever !

Filmes

Shopaholic ao extremo !

sábado, maio 14, 2011

Acho que no fundo todo mundo é super consumidor e ultimamente a minha cota shopaholic está nas alturas. Tá certo que eu não ganho tanto assim, mas o que deu pra gastar não foi pouco não, até vou ter que controlar... shopping é phoda, né... tudo a gente quer !

Com isso quero mostrar para vocês minhas comprinhas básicas:

1. Livros: É óbvio que trabalhando em uma livraria o que eu não podia deixar de comprar são livros. Livros, livros e mais livros. Confesso que minha lista de desejos é grande e eu não cheguei a me saciar totalmente, mas vou deixando assim mesmo pois ainda não li os antigos, quanto mais os novos.
Alguns deles já não são tão novidade assim, que é 'A Estrada da Noite' do Joe Hill e 'O Cirurgião' de Tess Gerritsen. O que eu não tinha comentado ainda é 'Feios' de Scott Westerfeld, que é um livro de ficção futurística, resumindo eles são todos feios até completar 16 anos, quando fazem uma cirurgia e ficam perfeitos, daí tem que se mudar para o lado dos perfeitos e começar uma vida nova de pura badalação. Ainda não cheguei a ler, mas já quero a continuação: 'Perfeitos' e 'Especiais'.

2. Filmes: Com certeza posso dizer que gastei mais em dvds que com livros, não sei, mas acho que é pelo motivo de ser mais rápido, no máximo 2 horas e pum, acabou... coisa que com um livro não é tão rápido assim. Minha lista começa com 'O Silêncio dos Inocentes', seguido de 'Hairspray', 'Madagascar' e 'As Loucuras de Dick & Jane'. Como sou fã de carteirinha da Sandra Bullock eu não podia deixar a minha diva de fora e comprei 'Um Sonho Possível', que é uma história super linda baseada em uma história verídica... no final até aparece o Big Mike de verdade. E 'Crash' que também é com ela, apesar dela não ser a principal. O mais legal nesse filme é que não tem uma história somente, ou um mocinho e mocinha, mas sim um enredo todo envolvendo muita gente e o mais legal é que eles não se conhecem, só se cruzam por acaso ou por acontecimentos e assim é contado tudo. Recomendo !
Não esquecendo dos romances chicletes da modinha de Nicholas Sparks: 'Noites de Tomenta''Diário de uma Paixão' agora fazem companhia para o meu antigo e amado 'Um Amor para Recordar'. Sabem, cheguei a uma conclusão vendo seus filmes e lendos seus livros: Definitivamente, Nicholas não gosta de finais felizes ! Ele é super adepto ao tragédias. Reparem nisso !

3. Série: Fiz uma encomenda pela net - que chique! - da série True Blood, que eu era muito curiosa para conhecer. Realmente eu esperava outra coisa, mas mesmo assim gostei. 4 estrelas, pela performance dos atores e pela Anna Paquin que eu sou super fã =] Mas um aviso, vejam em um lugar sem nenhuma criança ou seus pais, por favor ! Essa série é boa, mas é suuper pornográfica, fiquei chocada o quanto essa gente faz sexo, que horror, tudo é trepar, transar, foder... Jesus me abana ! A principal é Sookie e seu irmão, Jason, é o tarado da cidade, tá certo que ele é gato, mas eu nunca vi tanta gente pelada em tão pouco tempo no mesmo dia.
Só para completar, semana que vem vou comprar outra série, elas estão em promoção lá na loja, mas ainda não sei qual...

4. Música: A maioria de vocês provavelmente não é fã, na verdade nem eu, mas eu curto bastante o trabalho dela e tive que ter o seu dvd: Selena Gomez. Ela lançou agora 'A Year Without Rain' na versão Deluxe e matei dois coelhos em uma cajadada só. Apesar do dvd ser em inglês e sem legenda, gostei de ver bastidores, making of e ver ela falando dela e ficando emocionada... até que deu para entender bastante - viva horas e horas no letras.mus vendo traduções de músicas.

5. Vestuário: Até que enfim comprei minha camisa de flanela que eu tanto quero, confesso que foi uma facada e uma rodada no cabo, mas é meu e eu ameeei, fora o meu All Star... #suspiros Ele é suuper lindo, jeans com rosa, botinha e tem até um cadarço rosinha para combinar. Achei super legal a sola não ser sem graça... é rosa. Eu nunca fui fã de rosa, mas convenhamos, esse tênis é lindo.
E para combinar com o look, um óculos tipo Ray Ban modelo aviador #sonho

6. Beleza: Eu não sou uma girlie assumida e super patricinha daquelas que é fanática por maquiagem, perfumes, acessórios, blá blá blá, mas... comprei meu 1º perfume. Sim, vocês leram direito: . Eu tenho rinite e meu nariz está acostumado desde sempre a rejitar qualquer cheiro não 'natural', por isso perfume comigo era que nem veneno. Mas como eu sou teimosa e adooro contrariar, achei que era hora de parar com os desodorantes sem cheiro e mudar de cheirinho de sabonete para algo mais... mais... mais... enfim ! O escolhido foi o último lançamento da Capricho, que é uma edição limitada: SweetRock, um é doce e o outro é amadeirado, amei na primeira vez e comprei, dane-se ! E como eu sou filha de Deus, também me dei um gloss, hehe... sendo que eu tinha comprado um batom vermelho da Natura, mas negociei com a minha mãe e troquei pelo gloss que ela ganhou de Dia das Mães do meu irmão.

Tá eu sei que ninguém estava realmente interessado no que eu ando gastando meu rico dinheirinho, mas é sempre bom mostrar coisas novas, vai que algumas das minhas tralhas seja interessante para vocês terem em casa ? Vai saber...
Putz, com essa eu até vou embora. Xoxo.

+ Semana que vem eu coloco mais fotinhas no Flickr, eles separados para ver melhor =]
+ Recebi uma cartinha com um mimo da Gabi do Fluffy, quero mostrar para vocês... aguardem.
+ Coloquei o Google Friend Conect na sidebar, quem quiser seguir o blog, sinta-se em casa.

Pessoal

Andar ? Não, Voar !

sábado, maio 07, 2011


Sabe, ultimamente eu dou uma passadinha aqui só para dar uma olhadinha básica. Quem comentou, se tem alguma coisa fora do lugar ou se tem algo que eu possa melhorar. O pior de tudo é que assunto eu tenho, ando louca para mostrar minhas últimas comprinhas, ou umas coisas horrorosas que ando vendo rua a fora, ou não sei, desabafar... quem sabe falar do Obama e divulgar aquela foto que ninguém viu !
Essa semana fui no blog da Gabriela do Fluffly e o último post dizia bem aquilo que eu sinto e passa, sinto e passa, sinto e passa...sabe aquela rotina chata, calma morna, tipo banho maria ? bem isso aí. Eu praticamente gasto meu tempo em duas coisas: passo no mínimo 8 horas e meia no trabalho, tirando o tempo do ônibus, sendo que eu durmo até meio dia e entro 13:40h. E o tempo de resta, que é praticamente de noite, desde 11h até por volta das 4 ou 6h eu fico no pc mexendo, mexendo, ouvindo música e cantando sem fazer barulho, para não acordar ninguém. É realmente minha vida é super chata, essa rotina só muda quando é minha folga e eu durmo o dia tooodo ou eu vou para casa do meu namorado, o que agora é pouca coisa  pois a gente anda em crise e estamos em uma DR infinita que além de me deixar com uma cara super inchada, o meu vício em Dorflex e Kinder Bueno só aumenta.

Mas eu estou tentando mudar isso, o que já serve de começo é que eu comprei vários livros legais, encomendei a 1ª temporada de True Blood - que chega semana que vem com uma camiseta - estou viciada em Vampire Diaries - capítulos finais - e Pretty Little Liars. Também nesse domingo eu vou no cinema com minhas colegas de trabalho ver A Garota da Capa Vermelha #ansiosa vai ser um programinha bem calcinha.
Só não pensem que eu ando deprimida, não, não ! Tirando o assunto com o Leandro, eu me divirto horrores no trabalho e nas minhas horas ouvindo a Miley dizer "i wanna fly, i wanna drive, i wanna go..." -  o que eu gostaria muito de fazer nesse momento. Eu só sinto falta da mudança, do inesperado, da agitação... pelo amor de Deus, eu me mudei para uma capital porque eu sou do agito, não das vacas e do vento na beira do mar no meio do inverno !

Enfim, o que quero dizer é que... é que... é que... sei lá o que eu quero dizer, só precisava falar, acho que a Gabriela me inspirou, hehe. Semana que vem eu volto com um post menos melacueca e mostro coisas mais 'interessante'. Bjo na bunda, bye.

I wanna fly, I wanna drive, I wanna go
I wanna be apart of something I don't know
and if you try to hold back I might explode
baby, by now you should know...I can't be tamed !
[pra ti, L]
P.S: Mudei o theme, o que acharam ? Simples, mas fofo, né ? Critiquem !

Pessoal

Alucinando atrás do Alucinado

quinta-feira, abril 21, 2011

Ontem fui fazer um programa de índio. A Manu (minha colega de trabalho), a Karina (amiga da Manu) e eu fomos comprar um tênis... mas um detalhe muito importante: ele só tinha em Novo Hamburgo. Quem conhece sabe que não é um bixo de sete cabeças ir de Porto Alegre até Novo Hamburgo, mas para nós que nunca fomos, não sabíamos que ônibus pegar, nem onde descer, muito menos onde era a tal loja que tinha o tênis, ficava complicadado, diria até, perigoso. Com toda cara e coragem nós fomos. Acordei mais ou menos umas 7:30 da matina e me encontrei com elas no centro. A Karina ligou no dia anterior para um 0800 para ver qual linha ia até lá e onde pegava o banzo. A porcaria da passagem era R$ 7,70, entramos só sabendo que tínhamos que descer perto do Hospital Fatima, ou coisa assim. Uns cobradores nos disseram que tinha que descer no centro e ca-mi-nhar. Depois de 1 hora... 1 hora, descemos no tal centro de NH e que nem baratas tontas entramos numa farmácia pra perguntar onde era a tal rua Maurício Cardoso, uma vaca de uma funcionária disse , toda de rindo e tirando uma com a nossa cara, que tinha que seguir reto aquela baita lomba que iamos chegar... meio relutante com o que ela disse seguimos lomba acima... mas ela não tinha fim. Caminhamos umas 10 quadras e eu tive que perguntar pra alguém na rua e a senhora disse que tinha que subir mais, virar a esquerda e caminhar mais um pouco... tipo uns 10 min. #meesfaqueia Quando achamos que era o tal hospital, no fim era uma loja de pastel.
Depois desses 10 min. chegamos na tal loja de tênis e me arrependi na hora de não ter levado dinheiro. A loja era simplesmente maravilhosa. Vou confessar que quando aceitei ir no fim do mundo para comprar o All Star da Manu, eu não dava nada pela loja, achei que era um botequim qualquer e quando ela me disse que o nome da loja era Alucinado eu broxei total, mas quando entrei na tal loja tudo veio a baixo e eu queria morar ali para sempre. Alucinado é simplesmente ma-ra-vi-lhos-sa, expecializada em All Star e Melissa, tudo o que eu sonhei a Deus. Tem a Convexo ali no shopping onde trabalho e eu sempre babo, mas essa mato á pau. Toda estilosa, super descolada, jovem e com músicas tudo a ver... me senti uma maloqueira com meu rabinho de cavalo e All Star sujo lá dentro.
Tinha todo tipo de All Star conhecido, coloridos, listrados, estampados e uns que eu nunca tinha visto. O meu sonho sempre foi um All Star com velcro, mas mesmo meu pé sendo 'pequeno', os com velcro só tem infantil, mas lá eu achei um do meu número, de velcro e suuuper estiloso com corinho de cobra bege OMG! O que a Manu comprou era branco, de botinha e com vários caracteres de MSN coloridos, super fofo. Além de tudo tinha roupas também, claro, tri caras. Só sei que vou sonhar com minha próxima volta a NH. Dá para comprar pela internet, eles entregam em casa e tudo, mas eu amei tando a loja que quero voltar o mais rápido possível.



As duas amaram o dono da loja. Ele é tri gatinho, bem novinho e babamos mais um pouquinho, mas como eu sou comprometida eu deixo a minha parte. Agora para resumir o fim do programa de índio, tem a volta ! Perdemos o ônibus para descer até o centro, então fomos tuudo a pé de novo. Chegamos na parada e uma senhora pediu uma moeda para 'ajudar', a Manu deu 1 pila e ela desando a falar. Disse que a gente não pode ficar com 'essa' cara, que isso tudo é por causa da deprê (sim, ela falo deprê). Que os jovens de hoje abreviam tudo, que é preguiça de falar as coisas e que daqui a pouco paralelepipedo vai ser 'parê'... ¬¬ ? Quando sentamos para esperar o ônibus ela veio de novo e disse que não pode sentar curvada e que era por causa da deprê... pode isso ? Quando passo o primeiro ônibus para São Leopoldo a gente pulou dentro e lá estava ela... e por incrível que pareça ela descobriu o nome da Manu (ninguém falo pra ela) e disse vem assim "Não esqueçe o que eu te falei Manoela!"... super macabro, de medo.
Depois dessa bruxaria toda não sabíamos onde descer para pegar o trem para Poa, mas uma moça do meu lado nos ajudou. A briga seguinte foi para que lado era Porto Alegre? Para que lado que nós pegamos o trem ? O mistério foi resolvido com uma placa bem grande escrito MERCADO: PORTO ALEGRE. O trem demorou 40 min. até o mercado... resumindo eu entrava no serviço 13:40, mas só cheguei ás 14, detalhe: sem almoço, sem café da manhã, sem faze xixi e morrendo de sede. Bom pelo menos a gente se divertiu pra ca**lho.

Tá bom, eu sei  que foi longo, mas eu tinha que contar. Bjo gente, bjo Manu.

Livros

Tess Gerritsen

sexta-feira, abril 15, 2011

Hi, people. Antes de mais nada quero dizer que como só posso postar na minha folga, acabo acumulando assuntos. Dessa maneira, esse post já foi várias coisas, umas que me incomodaram e outras que eu queria dizer, mas não funcionou... por fim deu nisso. Espero que tenha sido uma boa escolha.


Hoje vou falar de uma autora que conheci a pouco tempo e estou mais que curiosa. O seu nome é Tess Gerritsen e seu gênero pode ser classificado como policial com uma pitada de suspense ao molho sangue =] Me debati com ela quando chegaram pilhas de seus livros para mim guardar #aff Minha colega Elisa costumava ler, mas nunca me liguei, depois disso perguntei e ela me disse que seus livros são super fortes, meio que dá para sentir o cheiro do sangue #meabana Essa japa - ex-médica - é do balacobaco!
Tess Gerritsen é uma autora bestseller do New York Times. Médica de profissão iniciou uma brilhante carreira literária durante a baixa de maternidade. Intensa e aterradora, Tess Gerritsen é a grande revelação do género thriller médico, aliando o conhecimento e a sua experiencia profissional com a investigação forense. Tess Gerritsen escreve narrativas verdadeiramente perturbantes que agarram o leitor da primeira à última página. Fonte
Nesse mês vários livros entraram em promoção como todos os Nicholas Sparks, Harlan Coben e os dela, fiquei super curiosa, até porque não é sempre que tu vai achar livros de 50 pila por 20 ! Corri para compra o meu e o primeiro foi 'O Cirurgião'. A Manu, que comprou o livro antes de mim, começou a ler e não conseguiu continuar. Já no começo ele seda a guria, tira o útero - com ela ainda viva - e quando ela acorda, ele corta a sua garganta. É uma coisa tipo assim. Ela trocou o livro !
Eu acredito que vou conseguir ir até o fim, é claro que talvez eu tenha pesadelos, ainda estou lendo 'A Estrada da Noite' e sonho o cara, imagina quando eu ler o outro...

O Cirurgião: A doutora Catherine Cordell pensava que o pesadelo tinha terminado. Dois anos antes fora uma das vítimas de um assassino que entrava em casa de mulheres enquanto estas dormiam e mutilava-as horrivelmente antes de lhes tirar a vida. Catherine Cordell sobrevivera milagrosamente e tentava esquecer o passado,quando surgem, na cidade de Boston onde ela agora vive, uma série de crimes idênticos. as mutilações são tão semelhantes que só podem sugerir tratar-se do mesmo assassino, mas isso é impossível já que Catherine matara o seu algoz em legítima defesa. Quem poderia ser então o criminoso a quem foi dado o nome de Cirurgião devido à perícia com que os ferimentos eram infligidos. E porque razão parecia querer atingir novamente Catherine. Os inspectores da Brigada de Homicídios, Thomas Moore e Jane Rizzoli têm de travar uma luta contra o tempo pois quanto mais rapidamente resolverem o mistério menor será o número de vítimas. E acabam por descobrir que tudo tem a ver com o que se passou em Savannah dois anos antes e que afinal Andrew Capra, o criminoso que Catherine matara, tinha um cúmplice. Fonte
Fiquei sabendo com as minhas catadas na internet que seus livros inspiraram uma série de TV na TNT chamada Rizzoli & Isles, que são os personagens dessa saga policial, de acordo com o adorado Skoob, a sequencia certa é: 'O Cirurgião', 'O Dominador', 'O Pecador', 'Dublê de Corpo', 'Desaparecidas' e o 'Clube Nefisto', sendo que os próximos títulos 'The Keepsake' e 'Ice Cold' ainda não foram traduzidos. Não sei se eles são continuação ou podem ser lidos independentes, mas vou descobrir =] Talvez os que não são sequencia sejam 'Jardim de Ossos' 'Gravidade' e 'Corrente Sanguínea'.
Realmente o post, a autora e os livros são para estômago de Panda, maas espero que tenham gostado e que não tenham se assuatado pelos meus gostos estranhos, hehe. Bjs.

Pessoal

Orgulho de ser gaúcho !

quinta-feira, março 24, 2011

Dia 26 de Março é o aniversário de 238 anos de Porto Alegre, e como você sabem - ou não -  eu moro aqui, amo e tenho muito orgulho dessa cidade. Pensando nisso e como uma boa gaúcha que sou, resolvi fazer um especial em comemoração a esse orgulho de ser gaúcho e nossa amada capital.

Eu morei durante 8 anos em Paranaguá no Paraná e sempre que alguém me perguntava de onde eu era, eu enchia a boca para dizer: "Sou de Porto Alegre, sou gaúcha, tchê!", e assim que tive a primeira chance, não hesitei um momento em voltar para cá... e voltei. Foi aí que começei a reparar melhor na minha gente. Nossa, como somos orgulhosos de nós mesmo, gostamos do que é feito por nós e queremos tudo muito bem feito, isso é uma qualidade maravilhosa. Temos orgulhos quando um de nós se dá bem vida a fora, fica conhecido e torcemos para essa pessoa só per ela seu gaúcha. Parece meio bobo, mas admiro essas pessoas ainda mais por causa disso.

Tem quem diga que isso não é verdade, mas eu que vim de "fora" posso dizer que é verdade. Orgulho das bandas, que se formaram em nossas garagens, cantaram em nossos palcos amadores, criaram asas, voaram alto e voltaram a tocar aqui como se fosse a primeira vez. Tenho certeza que vocês conhecem pelo menos as mais famosas... Fresno, Chimarruts, Cachorro Grande, Tchê Garotos. Pessoas comuns que sairam daqui com um sonho e transformaram em mais que realidade... a super modelo Gisele Büdchen ou a Fernanda Lima, Brito Jr., o maluquinho do Theo Becker, Larissa Maciel, Werner Schünemann... Nossos escritores super reconhecidos: Érico Veríssimo, Lya Luft, Moacyr Scliar, Mário Quintana. A super editora famosa por seus pockets, L&PM, é daqui. E aqueles que eu não conhecia e torci para caramba, Lisi Benitez e Daniel Bueno.

Orgulho dessa cidade linda que dói, tem quem estrague, é claro, mas tem quem a valorize... e muito. E uma das melhores partes: o sotaque. Ai ai, o nosso sotaque é muito puxado, amoo. Cheio dos 'bá', 'tchê' e 'tri legal' da vida. Só aqui que 'japona' seria um casaco de inverno, ou um semáforo é 'sinaleira' e geléia viraria 'chimía', ou que no meio de uma conversa alguém solta um 'beeem capaz' tri puxado e não daria em nada.

Não importa se tu é Tricolor ou Colorado, o que importa é que o dia do GreNal é super esperado e tri tenso. Mesmo assim, depois que acaba - e alguém perde - no meio disso tudo estava lá a nossa bandeira sul riograndense hasteada toda pomposa. O fim de semana acaba com aquele churrasco ou um passeio no Parcão regado a chimarrão.

 Por fim, mas não menos importante a nós, blogueiras e gaúchas, não conehço muitas, mas as poucas são especias. Um viva, viva !
Sei que falei muito, mas não disse muita coisa, não mostrou 100% do quanto maravilhoso é esse estado, a cidade e as pessoas, mas fica uma provinha para quem quiser nos visitar. Parece meio um king kong tudo isso, mas uma coisa que eu aprendi bem é que vergonha é roubar não poder carregar, o resto... bom, o resto a gente dá aquele jeitinho brasileiro. Volto no próximo post com mais falação: aguardem os próximos capítulos.
Love ya, bjs.

[...]pega a chinoca, monta no cavalo e desbrava esta coxilha
Atravessa a Osvaldo Aranha e entra no Parque Farroupilha[...]

Sorvete de Girafa

Temos um Ateliêr de Amigurumis e outras peças super fofas. Vêm nos seguir!

Quote

"It's just a sparkle but it's enough to keep me going.
And when it's dark out, no one around, it keeps glowing!"
- PARAMORE -