Livros

Resenha: Visão do Além

sábado, setembro 24, 2011

Visão do Além - Harper Connelly Mysteries
Charlaine Harris // Editora Lua de Papel
Harper Connelly e seu meio-irmão, Tolliver, são especialistas em realizar o serviço (encontrar cadáveres de pessoas desaparecidas), receber o pagamento e partir rapidamente, pois as pessoas que os contratam têm o estranho hábito de não querer ouvir o que eles têm a dizer. E à primeira vista, a experiência com os moradores da pequena cidade de Sarne, nas Montanhas Ozarks, parece não ser diferente. Uma adolescente está desaparecida, e Harper sente imediatamente que ela está morta. Mas os segredos que envolvem este assassinato e a própria cidade são profundos demais até mesmo para que a habilidade especial de Harper consiga desenterrá-los. Ao perceber a hostilidade crescer ao redor deles, ela e Tolliver querem apenas resolver o assunto e ir embora, mas então outra mulher é assassinada... E o criminoso ainda não terminou seu trabalho...
Primeira resenha...então, como começar ? Vou tentar não me extender, mas vai ser complicado.
Já sabia que o livro iria ser bom quanto vi a autora, melhor ainda quando li a orelha. Para quem não sabe a Charlaine Harris é a autora dos livros que deram origem a série True Blood que passa na HBO, que por sinal eu amo de paixão, então sabia que deveria esperar alguma coisa do gênero. E não me arrependi.

Harper é uma mulher de 26 anos que depois de ter atingida com um raio quando tinha apenas 10 anos, começa a saber quando tem uma pessoa morta. Que no seu caso, ela usa esses 'poderes' para encontrar pessoas mortas. Esse é o seu trabalho. Dado informações como onde a pessoa estava pela última vez ou onde provavelmente é seu paradeiro, ela acha, como agulha no palheiro, o corpo. Como ? Ela sente ! Ela ouve um zunido, como uma coisa apitando em sua cabeça e cada vez que ela chega mais perto aumenta e se espalha por seu corpo e tcharam... achou o corpo do morto. É meio que a alma dessa pessoa chamando para ser encontrada. Ela também consegue 'ver' os últimos segundos dessa pessoa, sabendo como ela morreu e como se sentiu em seus últimos momentos na Terra. Passou na infância por alguns perrengues, sua mãe casou com outro homem que já tinha 2 filhos mais velhos, e o principal é o Tolliver, que acompanha ela nesse trabalho maluco pelo país afora. Eles tiveram uma amizade muito grande desde que se conheçeram e conseguem se entender sem muitas palavras... poucos olhares já bastam. Ele é como se fosse o guardião dela, achei ele super fofo e fodão !

Nesse vai e vem, eles são chamados para prestar serviços em uma cidade de inteior chamada Sarne, para procurar uma guria que já estava desaparecida a um certo tempo e já tinha sido dada como morta. Acostuma a não ser muito bem recebida onde vá pelo ser estilo de trabalho, não é nada direfente o tratamento em Sarne, o que muitas vezes dificulta os afazeres. Sua função básica é achar o corpo, pegar o dinheito do pagamento e largar fora, mas eles tiveram que permaneer mais um pouco para o reconhecimento do corpo. Essa guria, chamada Teenie, era namorada de Dell, um guri de uma família rica da cidade e filha de uma ex-alcoólatra, e cuja irmã, Sally,  tinha morrido antes destes acontecimentos. Dell, foi encontrado morto em uma floresta mais distante da cidade, alegaram que ele teria matado Teenie e cometido suicídio. Harper, como é capaz de saber como foram suas mortes, tem certeza que os dois foram assassinados, mas como sua intenção é receber o pagamento e ir embora para outros serviços, ela não quer se meter e deixar que a polícia resolva.

Infelizmente, como nem tudo na vida são rosas, a mãe das duas vítimas é assassinada assim que eles conseguem sair da cidade e são solicitados de volta... como eu não quero contar todo o livro para vocês, só posso dizer que: eles se veem tentando resolver esse quebra cabeça, onde todos da cidade parecem estar entrelaçados de alguma forma, até mesmo o policial Hollis, marido da Sally que foi assassinada, e que se envolve com Harper. Digamos que a o mistério somente é revelado, literalmente, nas ultimas 4 páginas.

A titia Charlaine me deu uma suadeira para conseguir chegar no final, viu !? Totalmente recompensada. E esse é apenas a ponta do iceberg, pois essa série continua com: "Surpresa do Além", "Um Frio do Além" e "O Segredo do Além"... que pelo que parece vai demorar bastante até chegar nas livrarias.

E depois de toda essa babação de ovo, só quero apontar os pontos negativos do livro, que na minha opnião foram em relação a editora: o livro tem alguns erros e descuidos de português, como 'aráz' no lugar de 'atráz' ou 'mão' ao invés de 'mãe'. Uma outra coisa que me incomodou bastante foi os travessões nos diálogos... onde deveria ter, não tinha e onde não era uma fala tinha travessão. Isso eu acho que foi o pior, mas não deixariade ler por causa disso.

Espero que tenham gostado da resenha, apesar de ter sido enooorme, e caso alguém vá ler o livro, que goste tanto quanto eu. Confesso que não consegui falar tudo que queria, mas se tiverem dúvidas é só perguntar. Boa leitura ! Beijux.

Meme

90 coisas sobre Sharon

quinta-feira, setembro 15, 2011

Achei esse meme por aí - créditos no fim - e dei de postar. Um fato interessante é que depois que eu achei o meme, respondi e deixei guardadinho para quando eu não tivesse assunto, várias outras blogueiras respondem e o mais irônico: me indicaram. Lutei contra a força de não postar tão cedo, mas não aguentei e aqui está ele... só espero que vocês não me achem ainda mais estranha do que já sou.


Nome completo: Sharon Jacqueline de Souza Domingues
Data de nascimento: 13.02.1991

Qual foi sua...
1. Última bebida: Coca-cola
2. Última ligação: cel da Oi do Leandro
3. Última mensagem de texto: "Não demora para volta, tô esperando. Bj." para mamãe
4. Última música que ouviu: Bellissimo Cosi

Você já....
6. Saiu com duas pessoas ao mesmo tempo? Sim, não façam isso !
7. Foi traído? Acredito que sim
8. Beijou alguém e se arrependeu? Sim
9. Perdeu alguém especial? Sim
1O. Ficou deprimido? Muitas vezes
11. Bebeu muito até passar mal? Não bebo, só refri =]

Pessoal

Amor felino

segunda-feira, setembro 12, 2011

Dizer que eu não amo gatos é mentir para vocês e principalmente para mim mesma. Não é atoa que meu theme mais atual é super felino, só faltam os bigodinhos, hehe. Esse amor vem, além dos próprios felinos, das pessoas que enchotam, chingam, chutam, odeiam tanto eles e balançam o rabo (que não tem) para os cachorros ou qualquer outro animal. Acho muito, se me perdoem a palavra, idiota colocarem os gatinhos lá me baixo, sendo que o rei da selva, nosso maravilhoso e pomposo Leão é um felino. Já ouvi muita genete falando que gato é nojento, traiçoeiro, sujo, etc. Realmente o gato é um animal um pouco vingativo, ele guarda aquela mágoa por bastante tempo se precisar, meio memória de elefante, mas porque ele vai te fazer alguma coisa se tu não fez nada ? Aí é que tá, se tu maltratar qualquer animal, até mesmo o cachorro, ele vai dá o troco, pode esperar. Quanto a independência, sim, o gato é independente. Se tu largar um gato e um cachorro sozinhos por alguns dias é mais fácil o cachorro morrer de fome do que o gato. Ele sabe se virar sozinho melhor.
Só para mérito de informação, eu não sou contra cachorros, adoro eles, mas tenho uma amor por gato por conta do bullying exagerado que eles sofrem. Não sei se todos, mas a maioria das pessoas que eu conheço tem gato ao invés de cachorro e não abre mão. Parece que as pessoas com pensamento fora do padrão têm essa tendência, hehe, meio bobo, mas no meu meio está meio assim.
Não acho que tu vá ter uma obsessão pelos gatinhos só por me ver falando isso, mas deve-se ter respeito. Quantas crianças por aí colocam fogo no rabo, colam ele na privada, põe bebida na água alá Jr. Kyle ou qualquer outra maldade ? O índice de crimes contra cães é bem menor e mesmo assim não vejo campanha "Adote um gatinho".


Para quem não tem um gato em casa vale levar em consideração tudo isso que eu falei do gênio felino, mas se tu for realmente amigo dele, ele vai até parecer um cachorrinho. Não há nada melhor que dormir com o romrom bem quentinho. Tá certo que eu sempre fui meio Felícia para os meus, mas nunca maltratei... amor nunca é demais, eles tinham até bolo de Whiskas no dia do aniversário =]
Não quero contar para vocês as trágedias animais na minha vida em que perdi meus peludos, mas sinto muita falta da Sandy e do Gordo. Sem esquecer a Xikynha, minha cadela abusada.
Mamãe ama vocês onde quer que estejam.
Para por fim na falação, tem um site que fala só de gatinhos que achei a muito tempo, que é o Beco dos Gatos. Naquela época achei esse manual dos gatos por eles mesmos e achei tão fofo que publiquei no meu Tumblr. Demorei, mas achei a página onde estava e voilà.

Manual dos Gatos:
· Faça do mundo o seu playground.
· Sempre que não der tempo de ir até a caixa sanitária, cubra com qualquer coisa! Meias resolvem satisfatoriamente.
· Quando estiver com fome mie bem alto! Eles o alimentarão apenas para faze-lo ficar quieto.
· Sempre encontre algum raio de sol e cochile nele.
· Cochile sempre.
· Quando estiver encrencado, apenas ronrone e faça cara de "lindinho".
· A vida é muito difícil, então cochile.
· A curiosidade nunca matou nada, a não ser umas poucas horas.
· Quando na dúvida, finja saber o que está fazendo.
· O tempero da vida é variar. Um dia, ignore as pessoas, no outro as chateie.
· Suba na vida, é para isso que as cortinas servem.
· Deixe sua marca no mundo, ou ao menos borrife em cada canto.
· Seja sempre generoso, um passarinho ou camundongo deixado na cama diz a eles  "eu me importo".
Por hoje é só. Um grande miado e uma passadinha nas penas de vocês para arrematar.
Lambidas :P

Sorvete de Girafa

Temos um Ateliêr de Amigurumis e outras peças super fofas. Vêm nos seguir!

Quote

"It's just a sparkle but it's enough to keep me going.
And when it's dark out, no one around, it keeps glowing!"
- PARAMORE -