BEDA

Blog Day 2015

segunda-feira, agosto 31, 2015


O BEDA foi 50% fracasso aqui nesses blog, mas a vida continua... Não consegui meter 31 postagens seguidas? Não. Finalizo com mais um desafio pela metade? Sim, mas eu ainda me amo. Pelo menos não vendi minha alma pro Diabo e fiz postagens cool 2015. Sendo assim, finalizo esse mês com as minhas indicações no Blog Day 2015. Antes, uma breve explicação sobre esse tal de Blog Day:
Dia mundialmente comemorado como o dia do blog, pois a data 31/08 assemelhasse a palavra blog. Olha que legal, BLOG=3108. Sacou? Hã hã? Assim, nesse dia os blogueiros divulgam outros blogs, espalhando o amor e amizade internet a dentro.

Na mesma frequência: Esse blog eu conheci durante o pouco tempo que participei do BEDA e gostei de cara. O blog é fofo, o casal(sim, é um blog de casal) é fofo, eles são da minha antiga cidade, Paranaguá e as postagens são puro amor. Vale a pena correr para conferir.

Dreams: O blog da Thay já conheço a algum tempo e sempre que posso passo para dar uma espiadinha.

Fluffy: A Gabi é linda, fofa, querida, é o primeiro blog que abro sempre que me sento para fazer a maratona "ler postagens", além de acompanhar quase desde o começo. E ela é cliente do AC desde o começo também. Amo lá!

Ode to awesomeness: Não sei dizer onde foi que cliquei que achei esse diamante, mas foi como encontrar petróleo. As postagens da moça Ananda são awesome. Trocadilho ruim, mas esse é um daqueles blogs que tem que ter no feed e ler a postagem independente do assunto abordado.

Antes do fim preciso deixar claro que, mesmo com vergonha, sou daquelas que lê postagem a não comenta. Exemplo claro é o Ode to awesomeness: nunca comentei nada, mas já li muita coisa. Infelizmente não sou uma excelente leitora... sou tipo as pessoas que lêem as mensagens no Whatsapp e não respondem. Não posso ser perfeita, sorry.

BEDA

Nas agulhas

quarta-feira, agosto 19, 2015

Só quem faz tricô sabe o quanto é angustiante ter uma projeto nas agulhas e nenhuma disposição para terminar. É frustrante! Acho que a mais ou menos um mês uma amiga me pediu para tricotar uma gola para ela. Isso foi quando o inverno era gelado e não hoje fazendo quase 30ºC. No dia seguinte que ela encomendou eu comecei. Só comecei mesmo... só para achar a forma que queria fazer, desmanchei 7 vezes. Sendo que a escolha final parecia fácil, mas ficou com troca de pontos e a lã que estava usando acabou, tive que continuar com outra marca e está bem estranho. Somando essas frustrações todas, acabei deixando a encomenda de lado. Pelo menos está quente...



Fico tão triste em deixar as coisas inacabadas, afinal de contas eu comecei a fazer por que me inspirei e achei o projeto legal. Gosto de fazer coisas diferentes. O pior é que além desse tenho uma cachecol a mais de 3 anos em outras agulhas... quem sabe um dia?


BEDA

Um cachorro que parece gato e que é um boi

segunda-feira, agosto 17, 2015

Sabe sobre o suco de limão que parece tamarindo e que tem gosto de groselha? Tipo isso, só que é um cão! Shadow é seu nome e em cada lugar que vai deixa milhares de corações derretidos. Ele é o cachorro do meu namorado e quero dizer que o Shadow é do Brunno e não que o Brunno seja um cachorro. Só ás vezes...

O Shadow é tão amor, tão gordelícia, tão tudo de fofo que fiz uma listinha para vocês conhecerem ele um pouco mais.
Shadow é tão escuro que se ele não piscar quando a luz está apagada podemos pisar nele.
Shadow é tão gordo que quando se deita no meio corredor parece um boi morto na estrada. Daí o apelido, Boi.
Shadow é tão parado que suspira entediado.
Shadow é tão gordo que parece um pufe peludo.
Shadow é tão amor que rouba carinho.
Shadow é tão tímido que esconde quando faz xixi no chão.
Shadow é tão gordo que demora para subir no carro.
Shadow é tão grande que não consegue dar a volta no sofá, ele tem que vir de ré.
Shadow é tão rabugento que não gosta de outros cachorros.
Shadow é tão obeso que já entalou entre os bancos do carro.
Shadow é tão chato que não deixa ninguém colocar os pés perto dele.
Shadow é tão cara de pau que finge que não estava dormindo na cama, quando chegamos e vemos aquele buraco quente que ele deixou.
Shadow é tão astuto que ta sempre espiando com o canto do olho
Shadow é tão fominha que come a comida do gato.
Shadow é tão 'banhento' que não é redondo, é um barril.
Shadow é tão gordo que faz qualquer coisa por um Briscok.
Shadow é tão preguiçoso que não levanta a pata para fazer xixi. Só estica para trás mesmo...
Shadow é tão bobalhão que só ao ouvir a palavra 'passear' gira que nem um touro mecânico.
Shadow é tão 'banhudo' que não achamos roupinhas que sirvam.
Shadow é tão flexível que dorme com o pescoço em 90º.
Shadow é tão velho que já tem barba branca.
Shadow é tão querido que te conquista somente no olhar.
Shadow é tão amor que merece um Instagram só dele, talvez uma blog só dele, mas infelizmente Shadow só tem essa postagem.



BEDA

Zombies Ate My Friends

domingo, agosto 16, 2015


Semana passada descobri esse joguinho de celular e já não sei ir dormir sem chegar os zumbis antes. Basicamente tu tem que sair pela cidade para completar as missões e matando os zumbis que ficam na passagem. Ele é bem bobinho, mas vicia!

Prós:
1. Os gráficos são fofos, o que faz os zumbis serem bonitinhos.
2. O jogo todo é em português, que facilita na hora da preguiça.

Contras:
1. Por contar uma historinha o jogo tem muitas falas e quem tem preguiça de ler pode achar chato.
2. A barra de energia, que possibilita o boneco de lutar e fuçar nas coisas, acaba muito rápido.
3. As roupas que não são apenas estética só podem ser compradas com caveiras :'(
4. Quem tem Windows Phone, como eu, se fodeu pois é somente para Android e iOS.




Eu fiquei o tempo todo jogando com o boneco masculino pois não achei onde mudava. Foi fazendo essa postagem que descobri.  Troféu Manézice para mim! E se vocês gostaram, podem baixar aqui, Android e iOS.


BEDA

Agora sou do time das curtinhas

sábado, agosto 15, 2015

Demorei. Foi difícil, mas no fim tudo deu certo. Cortei o cabelo e agora sou do time das curtas. Preciso dizer que não é uma escolha fácil e quando comecei a pensar na ideia ainda era extremamente apegada a cabelo comprido. Não sei se larguei completamente, mas o amor pelo curtinho cresce a cada dia mais e mais.


A primeira vez que fui no salão já preparada para cortar, cheguei cheia de atitude até o momento que sentei na cadeira e ela me perguntou como eu queria cortar. Parecia que aquelas palavras não saíam da minha boca e acabei cortando as pontinhas...

Essa semana foi diferente, na segunda marquei salão já dizendo que queria cortar curto. Até ganhei desconto na progressiva por ser pouco cabelo! Cheguei na quarta e não pestanejei. A cabeleireira cortou mais ou menos para te uma ideia eu "Pode cortar mais um pouco!", cheia de coragem. E não foi que no fim das contas, fiquei pensando que poderia estar menor atrás... Que loucura. Que mudança.


Coloquei 3 fotos só para vocês terem uma ideia da melhora que teve a pessoa aqui. Com o cabelo cacheado pareço um leão perdido na cidade. Com o cabelo liso fico normal, mas quando cortei fiquei com cara de moleca. Agora estou danada :P E vocês, o que acharam? Não, a cara continua a mesma bosta. Bjoos

BEDA

Sobre 'Oversharing'

sexta-feira, agosto 14, 2015


Overshare:
Publicar ou divulgar detalhes íntimos e/ou nojentos de sua vida.

Oversharer:
Qualquer pessoa que publica detalhes íntimos, embaraçosos e/ou nojentos de sua vida onde qualquer um possa ler.

Too much information, é essa a questão! Não somos obrigados a saber o que tu fez quando deu pela primeira vez para o fulaninho, nem a cor que ficou na manga da tua camiseta quando tu ficou gripada e assou o nariz. Não sou obrigada! É assim que aos poucos vou dando unfollow nos meus amigos do Facebook.

Esse assunto está manjado, mas sempre é bom refrescar a memória. Vocês publicam coisas demais e depois reclamam que tem fotinho de petinhos na internet, vi vídeo da minha mãe dando para o vizinho no Whatsapp.... Vamos parar com essa porra!

[Verídico] Fazer snap na cadeira do dentista enquanto faz molde: Não pode! [Verídico] Tirar foto da gata que recém morreu: Não pode! Até pode, mas além ser muita informação desnecessária is very creepy!


BEDA

Guilty pleasures de possível revelação

quinta-feira, agosto 13, 2015

Todo ser da face dessa Terra de meu Deus tem aquele segredinho que nos faz ser quem somos, ou nos faz ser um ser mais misterioso, ou qualquer outra coisa do tipo. Como se não bastasse esses segredinhos, os bem mais guardados temos, e ouso dizer os mais interessantes, guilty pleasures. Sim, aquilo que adoramos fazer em nossa intimidade, longe dos olhos pulsando curiosidade, pois temos aquela baita vergonha de mostrar ao mundo o quanto estranho somos.

Eu, em especial, sou bem estranha em diferentes campos de atuação, mas hoje vou dividir com vocês apenas aquilo que no futuro não afete o seu retorno ao meu blog. Pensar no futuro é sempre importante :P

Audição seletiva: Ignorar é uma arte, sentir culpa faz parte. Sou campeã em me fazer de surda, quando vejo que tem alguém me chamando e não estou afim de conversar, ignoro na cara dura. Nos melhores momentos finjo que não ouvi na primeira vez. Sou ruim ? Um pouco, mas o que tem que gente desagradável andando livre pelas ruas é bárbaro. Bato recordes no trabalho, é lá que eu lavo a égua surda. No trabalho sou chata, organizada, mandona, briguenta, barraqueira, estressada e por aí vai, quero poder parar e fazer meu trabalho sem ser interrompida, mas isso é querer que chova mingau, então é na hora que me chamar para pegar encomendas, fazer trocas ou me anunciam no microfone que meus ensaios de atuação começam. É quando coloco a cabeça no travesseiro que penso que poderia ser mais paciente.... mas depois passa.

Músicas velhas: Sabe aquele dia nostalgia, que tu tem uma vontade involuntária de ouvir aquela música que fede a infância ? Aquele dia que tu olha aquele cd velho e cheio de poeira e quando dá por si já está ouvindo a faixa 8 ? Não ? Ora pois, mas eu vivo, e muito esses dias nostálgicos. É uma felicidade sem tamanho.
Em uma noite, estava eu de boa na lagoa, zapeando pelo vídeos do YouTube quando, clico aqui, clico ali e de pouquinho já estava ouvindo Elis Regina a lá loca nos meus fones e cantando junto, me senti tão bem por ser uma das que sabem toda aquela letra cheia de significados. Quando chego no trabalho e conto minha madrugada remember feelings, tudo que recebo são olhares estranhos, murmúrios e coisas como 'Tú é muito estranha!'. Daí tu pensa, para que eu vou dividir as coisas? Agora, um alto PRE-PA-RA, qualquer um diz... tsc tsc.


Shows particulares: Meu amigos mais antigos e aqueles com boa memória sabem que quando morei em Paranaguá estudei por poucos anos em um colégio que todo ano fazia um 'pequeno acontecimento' na cidade que todos os alunos se apresentavam, dublando músicas e fazendo altas performances. Sinceramente, aquilo tudo era uma uma guerra sanguinária entre todos, os que tinham dinheiro queriam fazer sua apresentação ser épica, os mais desafortunados como eu, queriam somente se apresentar decentemente, se divertir e ganhar a nota do bimestre, e outros só queriam a nota, então faziam qualquer coisa, tipo nada.
Isso despertou algo mim. Ainda hoje, depois de pelo menos 10 anos, me pego pensando que tal música ia ser legal de apresentar, e crio todo o cenário, a coreografia e tudo mais necessário para virar realidade. Gente, isso é algo hiper mega divertido, por mim eu voltaria todo ano para a Festiblagem com minhas ideias para cantar e dançar com a criançada. Shame on me? Talvez, mas sinto tanta falta...

Menção honrosa para danças em lugares inapropriados. Adoro!

Matar banho: Muitas coisas me deixam feliz, mas confesso que passar o dia inteiro em casa, de folga, de molho, gangrenando na cama enquanto faço qualquer coisa no note e sem precisar me preocupar em levantar para tomar banho, é uma aquilo que posso chamar de pequena felicidade. Passa rápido, depois nem lembramos mais, mas na hora dá um barato louco. Me chame de porca se quiser, mas esses são aqueles dias em que ninguém me vê, ninguém fala comigo ou coisas assim. Fico eu comigo mesma, sendo feliz.
Haters gonna hate.

Por outro lado, já parou para pensar que muitos por aí podem ter a mesma felicidade secreta que a nossa ? Afinal, estamos todos unidos em um só coração.

P.S¹: Hoje, de acordo com a minha programação do BEDA, iria postar uma receita, mas a programação é minha e faço dela o que bem entender.
P.S²: Postagem um pouco antiga, mas nunca postada. Não é maravilhoso?


BEDA

A primeira necessaire de crochê

quarta-feira, agosto 12, 2015

Aprendi a fazer crochê, agora ninguém me segura! Cheia de ideias salvas na pasta 'Para fazer', mas quando começo a treinar em um novelo qualquer... não sai nada certo.
Fui super empolgada contar para a sogra, já que ela e a irmã gêmea são super crafteiras e fazem desde tricô a reutilização de materiais... e ela já me lança um 'Não quer fazer uma necessaire?'. Aceitei, claro, mas já achando que ia sair horrível, pois os meus pontos estão bem desalinhados e desproporcionais. Em questão de minutos já estava com novelo e agulha nas mãos. Ela me ensinou com toda a paciência do mundo, começamos as primeiras carreirinhas e tudo fluía como se eu fosse like a pro. Até que levei para casa, continuei um pouco no intervalo do trabalho e quando achei que estava pronto PÁ! Estava todo torto. Um lado se inclinava para esquerda e o outro estava intercalado entre aumentos e diminuições que sabe-se lá Deus de onde tirei aquilo. Tava bem feio.

Só meu namorado sabe quantas vezes eu desmanchei metade do trabalho e refazia. Desmanchava e refazia. Desmanchava e refazia até que depois de duas semanas nesses loop infinito tomei vergonha na cara e corri com o rabinho entre as pernas para a sogra me ajudar. Não sei qual foi a mágica, mas em dois dias terminei, com forro e botões. Milagre milagroso!







Gostaram? Acho que para o primeiro projeto está bom. Costurei o forro a mão #pasmem Semana que vem mostro a gola que larguei na metade para fazer essa necessaire, que é uma encomenda de inverno de uma amiga, só que com esse calor todo ela nem me cobrou... tenho que agilizar. Bjooos


BEDA

Urgências na madrugada

terça-feira, agosto 11, 2015

A partir do momento que ele entrou onde a seta vermelha brilhosa indicava, sabia que a felicidade estava perto dessa vez. Mais uns minutos e tudo estaria acabado. Aquela vontade e angústia que passou durante o dia cessaria  após isso.

Passou o dia todo pensando o que seria. Como seria. Chegou do trabalho cansado e achou que essa vontade poderia ficar para outro momento, por isso tomou um banho para relaxar e ligou a TV. Canal após canal e parecia que aqueles programas não o distraiam, muito menos saciavam a urgência em que ficou hoje.

Em um momento distraído se pegou pensando que a distância que percorreria até seu destino de desejo não seria uma grande perda, então se levantou e começou a se arrumar. Colocou uma camiseta qualquer que encontrou amassada encima da cadeira do computador, ainda com a calça de moletom calçou os chinelos e no caminho até a porta encontrou as chaves que tinha deixado penduradas ao lado do espelho.

Já no garagem do apartamento, fez o que pode para passar desapercebido por aquelas janelas que seus vizinhos teimavam em deixar abertas. O som do alarme soou baixo e lá de longe o guarda do horário da noite acenou. Imaginava o que o guarda pensaria se soubesse que ele se levantara as 4h com esse propósito. Deu de ombros e concluiu que sua opinião não faria diferença.

Ao chegar na avenida principal, ao longe já se avistava os dois arcos amarelos brilhando, chamativos, convidativos. Deu seta para o apressado que não pode passar sem buzinar e entrou no Drive-Thru.

- Qual é seu pedido? - disse a atendente com possível sono.
- Eu vou querer um Big Mac, carne e queijo, com fritas grande e coca zero, por favor.



BEDA

5 músicas para amar EXO

segunda-feira, agosto 10, 2015

Sabe quando tu ouve uma música e é amor a primeira vista, depois tu te vê obrigada a procurar outras e outras e quando repara já está sabendo diferenciar 12 coreanos e chineses, com seus nomes estranhos e arranhado o refrão cheio de chiado? Não, não sabe? Pois eu tanto sei que até sonho com esses rapazotes aí...


EXO é uma boy-band sul-coreana/chinesa formada por 12 guris/integrantes que  subdividem-se em 2 grupos: EXO-K e EXO-M, sendo que eles promovem a mesmo tempo seus trabalhos na Coreia do Sul e China, respectivamente. A ideia dos produtores da banda, que soube mais tarde, era que cada integrante do grupo fosse um elemento diferente. Eu explico com um ctrl+C ctrl+V
No início, quando o mundo não se passava de uma lenda, 12 forças nutriam a árvore da vida. Infelizmente, o mau tentou reinar e, para salvar o que restava de esperança, a árvore se dividiu em 2 partes, 6 para cada lado (a quantidade de integrantes de cada grupo) que existiriam em 2 mundos semelhantes com o intuito de protegerem o mundo sem saber que, quando houver a união dos mundos, essas forças irão se unir e formar um novo mundo.
Tem muito mundo nessa frase? Tem. É K-Pop? É, mas vamos combinar... isso não é demais!? Os tais poderes seriam esses: EXO-K Suho: Água, Guardião dos EXO. Baekhyun: Luz.  Chanyeol: Fogo.  D.O.: Terra.  Kai: Teletransporte. Sehun: Vento. EXO-M Kris: Telecinese. Xiumin: Gelo. Luhan: Controla metal. Lay: Cura. Chen: Eletrocinese. Tao: Tempo. Fontes 1/2


Tô bem viciadinha e olha que eu nunca curti K-Pop. Pelo menos nunca procurei ouvir. Todos devidamente apresentados, vamos as músicas. Quero deixar claro que essas são as que eu mais gosto e além do mais, praticamente cada álbum tem as duas versões (coreana e chinesa). O que seria bem legal por si só, mas como asiáticos são asiáticos, os clipes se completam fazendo tu se prender de uma maneira louca.

1. Overdose



2. Wolf



3. Growl



4. What Is Love



5. Mama



Notem que coloquei os vídeos em coreano e chinês. Esse último explica e mostra os elementos que eles representam. É tanta dança, tantos efeitos, tanta jogada de câmera e eles são tão fotos ~suspiros Eu paro por aqui porque já tá chato eu tietando. Bjoooos.


BEDA

#TILEART

domingo, agosto 09, 2015

Quando ganhei de aniversário do meu irmão um celular que a plataforma era Windows Phone, demorei um bocado para me adaptar a esse sistema. A área doa contatos é diferente, a tela inicial característica do Android não está lá e não são todos os aplicativos que a loja disponibiliza. E esse é o maior desespero... aplicativos desconhecidos e desatualizados.

Entre muitas coisas, gosto de personalizar o celular pra ficar com a minha cara, daí entro aqui, entro ali e acho o app mais legal...#TileArt
Com ele podemos colocar imagens em fundo nas tiles, combinar com background e até mesmo interagir com o background. Ok, até aí nenhuma novidade grandiosa, mas o cara de desenvolveu esse aplicativo tem um blog e posta ideias de personalização que nos deixa no nível mais baixo da mediocridade. Observem:




Images acima de seu próprio blog Tile Art Guy. Em cada postagem ele atende um pedido diferente dos usuários do app e no final disponibiliza as imagens usadas para podermos reproduzir.


As ideias dele são tão simples, mas colocadas em prática com tanta maestria que fico de boca aberta.  E para quem quiser deixar alguns apps com fundo transparente, tipo Instagram, eu uso o Transparent Tiles. Assim a personalização que ele indica fica mais completa. Eu fico por aqui com essas duas dicas de ouro para quem tem Windows Phone e quer tirar ele da mesmice... chega de foto pixelizada de fundo. Chega!


BEDA

Daí eu fui lá e ganhei bolsa 100%

sábado, agosto 08, 2015

Estava eu, no meu dia mais tédio mergulhado no leite morno esperando impacientemente sair o resultado do PROUNI, atualizando o site até gastar todo o pacote de internet do celular, quando pá! Confira o resultado da lista de espera Prouni 2015. Ali, na minha cara.

Scroll, scroll, scroll e mais scroll até achar meu nome acompanhado de Aprovada 2016/01. Foi felicidade com dose dupla de choque. Quando iria imaginar que eu ganharia uma bolsa 100% ? Nunquinha...


P.S¹: pausa para minha faixa de Bixo feita de forma bagaceira pois será a única que ganharei...

Isso tudo aconteceu em março desse ano. Como o curso só abre turmas uma vez por ano e na época que sairia o resultado da lista de espera já seria tarde para iniciar com os outros, fiquei para ano que vem. Só tenho uma coisa para dizer: Sou BIXO Gastronomia 2016

Mas Sharon, porque gastronomia? Então, até 3 anos atrás eu levantava a bandeira do miojo com Ruffles quase toda noite, mas comecei a pegar um amor por cozinhar, mas acima de tudo, me apeguei a confeitaria. A-MO fazer doces.

P.S²: Uma curiosidade, eu não gosto de comer o que cozinho. Tanto salgado quanto doce. Eu como, mas como sou eu que faço, perco a fome. Não sei explicar...

Assim que a documentação do PROUNI estava encaminhada, o primeiro passo que dei foi largar meu emprego e procurar algo na área. Hoje trabalho numa padaria e confeitaria francesa e o que vou levar comigo para o início das aulas será a experiência na cozinha. Não é fácil, cansa muito, é bem quente, mas nada disso me fez mudar de ideia ainda.

Metade do ano já se passou e as aulas já estão batendo na porta. Me desejem sorte.


BEDA

Modo sono: ligado

sexta-feira, agosto 07, 2015

Quando penso em horários e paro para contar quantas horas de sono eu tenho durante a noite, chego a seguinte conclusão: não tenho nenhuma conclusão. Só quem tem os horários invertidos sabe que não há nada a se fazer a não ser dormir em qualquer poste desocupado.


Minha rotina se resume em acordar depois do meio-dia para entrar no trabalho ás 12:40h, o que nunca acontece já que fui dormir depois das 5 da manhã e a cama realiza o trabalho de colocar mais e mais comodidade e conforto ao redor do meu corpo. Me atraso ao entrar. Todo dia.

Chegando do trabalho em torno das 21h só penso em dormir, o que também não acontece, pois a sinergia emitida pelo notebook me cega completamente, assim permaneço a madrugada navegando em ondas internéticas. Apenas alternando com alguma peça de tricô ou crochê.

Tudo isso foi para dizer que ando bem cansada, dormindo nos horários e cansada da vida. Preciso parar. Preciso parar. Preciso viver!

BEDA

[NCDC] Brigadeiro de Negresco

quinta-feira, agosto 06, 2015


Imaginem uma coisa que teria tudo para dar certo e virem ela do avesso. Foi isso que aconteceu essa noite quando fui fazer essa receita para postar. Queimei metade da receita, sujei todo o chão de farelo de bolacha, na hora de passar as fotos 'cadê o cabo?' e se ainda não bastasse, no fim de tudo nem quis comer... mas o pai fez a festa! Então estou postando quase 4 da manhã, mas eu sei que vocês vão fazer a receita em horários de gente normal. Vamos lá?

Ingredientes:
1 caixa de leite condensado
1 pacote de bolachas Negresco (Nada de Oreo! Ninguém aqui é hipster)
1 colher de sopa de manteiga ou margarina. Sempre sem sal.
Forminhas de brigadeiro
E uma espátula de cupcake (Super necessário!)


Antes quero abrir um parênteses e dizer que aqui no sul chamamos brigadeiro de negrinho e beijinho de branquinho. Essa receita seria um "branquinho" de Negresco. E coloco entre aspas pois branquinho que se preze leva coco. Decidi que para o entendimento geral na nação chamaremos de brigadeiro. Ponto. Estamos entendidos? Obrigada. nada de citar bolacha ou biscoito, viu!?

Modo de preparo:
Abra todas as bolachas, retire o recheio e reserve.
Com o recheio, o leite condensado e a manteiga, misturamos e levamos ao fogo médio, mexendo sem parar até chegar ao ponto de brigadeiro para enrolar. Se quiser fazer essa receita para comer de colher, quando ferver espere mais uns 2 minutos e pronto. Em nosso caso continue até desgrudar da panela. 

Dica: quando for fazer qualquer brigadeiro, mexa com vontade. Não vem misturar com a mão mole que vai acabar desandando o treco. Eu sempre misturo bem rapidinho que ele fica mais liso e cremoso.

Despeje tudo em um prato, enrole com papel filme (encostando na massa) e deixe esfriar. Para acelerar a coisa, mete no freezer e erazisso. Enquanto ele esfria dá para ir lavando a louça para organizar a cozinha da sua mãe e também iremos triturar toda aquela bolacha lá do começo.
Tem vários jeitos de fazer isso... liquidificador, processador, colocar em um pano de prato e bater com o rolo de massa ou até mesmo naqueles pilões para caipirinha. "Tudo se usa, nada se perde. - DOMINGUES, Sharon".

Com a bolacha quem nem farofa, vamos enrolar o brigadeiro e passar nessa farofinha como se fosse granulado. E voilà!


Chegamos ao final e nem foi tão difícil assim, foi? Se alguém fizer essa receita pode me marcar no instagram (@sharondomingues) ou #azulcalcinha que fico com o dia salvo graças as meninas super poderosas Um beijo na bunda e até amanhã.


BEDA

Entre fios e agulhas

quarta-feira, agosto 05, 2015

A primeira vez que arranhei nas agulhas foi quando dona Maria, minha mãe, apareceu fazendo um cachecol. Fiquei bem impressionada imaginando desde quando ela sabia manejar tais técnicas e de onde havia saído todo essa material. Não sei se foi bem na época, mas pedi para ela me ensinar e lá fomos nós. Vocês devem saber algumas coisas sobre nós duas antes de mais nada: 1)Somos impacientes. 2)Somos cabeça dura. 3)Minha mãe já é mais velha e já começou com os sintomas. 4)Eu não tenho paciência com o item 3.
Se estamos entendidos, vamos aos fatos.


Quem tem noção básica de tricô sabe que são duas agulhas e que temos dois pontos básicos (tricô e meia) que com eles fazemos todos os outros. Não sei que cargas d'água ela inventa de me ensinar o ponto arroz, que na sua concepção parece simples. E é simples... para quem já sabe o tricô e o meia. Eu não sabia!

Então o ponto arroz é a intercalação desses dois pontos básicos, 1 meia, 1 tricô... e por aí vai ficando assim (tem até gráfico):
- | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - |- | - | - | - | -
| - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - |
- | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - |- | - | - | - | -
| - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - | - |
ponto tricô: - ponto meia: |

Parecia fácil e fui fazendo... fazendo... fazendo... até que perguntei se era assim mesmo. Pra quê fiz isso ? A mulher virou o bicho dizendo que não era assim que ela tinha dito. Claro que fiz errado, ela não me ensinou a virar o fio de acordo com cada ponto, daí complica! Só sei que discutimos, eu me irritei, desmanchei tudo e nunca mais quis saber. Não sei se esse foi o estopim, mas dificilmente eu peço para minha mãe me ensinar alguma coisa.

Anos depois, mas ainda com a vontade guardadinha, achei as tais agulhas de tricô e com a ajuda do meus amigos Google e YouTube, hoje vendo peças de tricô para minhas amigas. Não satisfeita, semana passada aprendi o tão assombrado (para mim) crochê. Vocês sabias que me chamam de vovózinha toda vez que me vêem ou ficam sabendo que faço ? É quase uma certeza absoluta e uma resposta unânime. Hoje mesmo, no trabalho, estava eu fazendo minha primeira peça de crochê no horário de intervalo... Pablo me olha e diz "Só falta o gatinho dormindo nos pés."

Iniciei essa postagem querendo mostrar as coisas que fiz e as que tenho nas agulhas, mas acabou virando uma introdução ao tricô. Se isso fosse uma faculdade, vocês estariam lendo sobre o ínicio do tricô, o tricô e as mulheres, passando pelo tricô nos tempos modernos... tá parei de falar merda. Semana que vem mostro os meus trabalhos. Beijooos


BEDA

Dispa-se

terça-feira, agosto 04, 2015

Dispa-se de tudo.
Dispa-se de todo o mal.
Dispa-se de tudo aquilo que não acrescenta.
Dispa-se.
Dispa-se do olho gordo, do amigo invejoso e do sutiã apertado.
Dispa-se da inveja e da discriminação.
Dispa-se do preconceito.
Dispa-se da fofoca, do ódio e dos números pequenos.
Dispa-se da paranoia com o peso.
Dispa-se de tudo.



BEDA

5 Filmes para assistir durante a paralisação do RS

segunda-feira, agosto 03, 2015

Me chame de zueira, me chame de trouxa, mas a primeira coisa que pensei quando me disseram que hoje a Brigada iria fazer paralisação aqui no nosso estado foi: The Purge ! Vai rolar chacina ! Tá certo que é bem violento esse pensamento, mas graças ao santo de bicicletinha, não fui a única e achar isso.


Se tem alguém boiando, vou explicar. Hoje, dia 3 de Agosto de 2015, os servidores públicos fizeram uma paralisação em todo o estado do Rio Grande do Sul devido ao parcelamento de seus salários. Resumindo, foi bem isso aê. Claro que gerou um caos, teve queimação de pneu, teve protestos, teve tiroteio logo de manhã, teve coisa afú e ainda são 14h. Em alguns sites de notícias foi dito que os Brigadianos atenderiam somente chamadas de emergência, contendo risco ao cidadão e em outro dizia que foi sugerido que as pessoas ficassem em suas casas (não com essas palavras, já que fechei o site)... tipo, isso apavora o população e incita a marginalidade. Só digo isso.

Não querendo estender minha opinião sobre o assunto, já que hoje é segunda e dia de lista aqui no BEDA, não vim dizer se concordo ou não, se acho que deveriam matar o governador por ter saído do estado com toda sua família, mas sim trouxe uma listinha de 5 filmes very creepy para entrarmos no clima. Tirem as crianças da sala e por favor, entendam a ironia.

1. The Purge (Uma Noite de Crime)

Vamos falar sobre os dois filmes de uma vez só, pois quem curte o primeiro já se joga no segundo e falar de um sem falar do outro é estranho.
A base dos filmes é: O governo dos Estados Unidos se deu conta de que as prisões estavam cada vez mais lotadas e sem condições de receber mais detentos, pensando em uma 'diminuição da população', e leia-se toda a população, não somente a carcerária, criou-se uma lei em que em um dia do ano, por 12 horas todos os tipos de crimes poderiam ser cometidos sem nenhum tipo de punição. Tava liberada a chacina. Então no primeiro filme é explorado como os mais ricos se protegem em suas casas seladas de ponta a ponta, a diversão dos que saem ás ruas para praticar o purge e por aí vai. No segundo já fica mais explicado o que acontece por trás das câmeras e tal, como os ricos usam isso para se divertir e vou parar para não dar spoilers (sei que vocês crianças odeiam).


2. The Purge: Anarchy (Uma noite de Crime: Anarquia)

Sinopse: Num futuro próximo, o governo dos Estados Unidos instituem a Noite de Crime, um evento onde os assassinatos são permitidos, para que os cidadãos liberem os seus instintos violentos. Faltando poucas horas para o início deste feriado sangrento, cinco pessoas se encontram nas ruas: o jovem casal Shane e Liz, que não pode voltar para casa já que o carro parou de funcionar; a garçonete Eva e sua filha adolescente, sequestradas dentro de seu próprio apartamento por vizinhos selvagens, e o Sargento, um homem misterioso que vai às ruas em busca de vingança. Apesar de serem muito diferentes, eles tentam sobreviver juntos a doze horas de barbárie.


2. The Stangers (Os Estranhos)

Primeiro filme que vi de violência gratuita e claro que me caguei de medo #quemnunca Na verdade faz um bom tempo que vi...
Baseado em fatos reais que pesquisei e parecem verídicos. Dá mais medo, vamos combinar !
Sinopse: Kristen McKay (Liv Tyler) e James Hoyt (Scott Speedman) estão em plena viagem, rumo à remota casa de veraneio dos pais dele. Ao chegar eles apenas querem descansar um pouco, mas seu descanso é interrompido quando três estranhos mascarados invadem o local. Para piorar ainda mais a situação, os estranhos demonstram sentir prazer ao aterrorizá-los cada vez mais.



3. Funny Games (Violência Gratuita)

ES-SE-FIL-ME-É-FO-DA! Talvez pelos atores ? Talvez. Talvez pelo filme mesmo ? Talvez. Talvez pela época em que assisti ? Pode ser também, mas minha experiência foi excelente. Esse filme foi um remake, o original é de 1997, mas quem conhece o Michael Pitt, sabe que ele tem aquela cara de maluco psicopata com um quê de Macaulay Culkin. Esse filme me fez rir. E agora que eu fiz essa babação de ovo, tu vai ver e vai odiar :)



4. Ils (Eles)

Filmes francês sempre tem uma cara diferente, não sei explicar... Vi esse filme em uma madrugada sem sono a anos atrás e nunca, NUNCA mais achei. Depois de me borrar toda assistindo enquanto o ex dormia ao lado, no fim do filme fiquei 'Como assim?'.
Sinopse: Clémentine e Lucas são franceses que vivem em Bucareste, na Romênia. Ela dá aulas de francês, ele é escritor. O casal mora numa enorme e velha casa afastada do centro da cidade. Um local calmo e tranqüilo, até que certa noite Clémentine ouve um barulho no andar de baixo da casa. Assustada, ela acorda o marido. Eles estão atacando furiosamente e querem apenas brincar e apavorar.




5. Hostel (O Alberque)

Preciso dizer ? Vocês já viram né, por favor... Não sei vocês, mas sempre que penso em 'O Alberque' já relaciono com 'Jogos Mortais' na hora, pá! Falo em Albergue abrangendo todos os filmes, já que é uma matação bem louca, comercio de pessoas bem louco e vida louca sempre.


Comecei o post as 14h e agora são 16:40h. Vejam como hoje eu não estava muito afim, parei no meio da postagem para fazer crochê com a minha sogra :) É para ver os filmes, hein. Principalmente 'The Purge'. Especialmente esse. Assistam esse, os outros eu perdoo. Amanhã tem mais BEDA, agora vou acordar meu namorado dorminhoco para almoçarmos. Bjooos.


BEDA

Trakt é amor

domingo, agosto 02, 2015

Desorganizada ? Em casa eu sou mesmo e não há nada que possa ser feito. Quanto se trata de séries e filmes, na maioria das vezes não sabia se já tinha visto tal episódio e me perdia na saínha. Já pensou se tu me encontra e começamos a conversar, papo vai, papo vem, engatamos em uma falação daquela série maneira e eu não lembro se vi isso ? Provavelmente aconteceria, já que minha memória é bem ruimzinha, maaaaas em outra ocasião como estar vendo com o namorado Doctor Who, parar e continuar na outra semana, lembrar qual episódio paramos pode ser um problema...

Tá dando pra entender ? Provavelmente não, mas o que quero dizer é que achei um site (tipo uma rede social) que organiza minha vida com as séries. Quer coisa mais amor ? E se eu te disser que além de útil, ele também é lindo ? Mais amor, sim senhora ! Senhoras e senhores, Trakt.


Para ser sincera, eu já uso ele a uns bons anos só nunca dividi informação, mas hoje mudaremos isso. Trakt então é uma plataforma (em inglês) que organiza todos os episódios que você já assistiu, os que vai assistir colocando em uma watchlist e avisa os futuros. A mesma coisa com os filmes, desenhos, novelas, animes e por aí vai...

Quer mais ? Tem mais ! Vocês também podem avaliar o que assistiram com: - Weak Sauce :( | ♥♥ - Terrible | ♥♥♥ - Bad | ♥♥♥♥ - Poor | ♥♥♥♥♥ - Meh | ♥♥♥♥♥♥ - Fair | ♥♥♥♥♥♥♥ - Good | ♥♥♥♥♥♥♥♥ - Great | ♥♥♥♥♥♥♥♥♥ - Superb | ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ - Totally Ninja!


Para quem é ansioso como eu ainda tem uma parte chamada Progress (acima) , onde (como o nome já diz) acompanha o progresso da série com porcentagem por temporada e toda ela. Além que poder fazer check-in (direto no site ou por plataformas como Popcorn Time) e seus followers acompanharem em tempo real os minutos passando no seu perfil. É muito fofo.

Tem tanta coisa útil, calendário com data e horários dos eps, histórico dos dias, lista... ai meu Deus ! Assim, parece propaganda, mas não é... gostaria. O site é bom mesmo, vão lá e se inscrevam, sei que você também é viciadinho em série e desorganizado, aceita que dói menos. E qualquer coisa me segue, @sharondomingues 


Sorvete de Girafa

Temos um Ateliêr de Amigurumis e outras peças super fofas. Vêm nos seguir!

Quote

"It's just a sparkle but it's enough to keep me going.
And when it's dark out, no one around, it keeps glowing!"
- PARAMORE -