Guilty pleasures de possível revelação

quinta-feira, agosto 13, 2015

Todo ser da face dessa Terra de meu Deus tem aquele segredinho que nos faz ser quem somos, ou nos faz ser um ser mais misterioso, ou qualquer outra coisa do tipo. Como se não bastasse esses segredinhos, os bem mais guardados temos, e ouso dizer os mais interessantes, guilty pleasures. Sim, aquilo que adoramos fazer em nossa intimidade, longe dos olhos pulsando curiosidade, pois temos aquela baita vergonha de mostrar ao mundo o quanto estranho somos.

Eu, em especial, sou bem estranha em diferentes campos de atuação, mas hoje vou dividir com vocês apenas aquilo que no futuro não afete o seu retorno ao meu blog. Pensar no futuro é sempre importante :P

Audição seletiva: Ignorar é uma arte, sentir culpa faz parte. Sou campeã em me fazer de surda, quando vejo que tem alguém me chamando e não estou afim de conversar, ignoro na cara dura. Nos melhores momentos finjo que não ouvi na primeira vez. Sou ruim ? Um pouco, mas o que tem que gente desagradável andando livre pelas ruas é bárbaro. Bato recordes no trabalho, é lá que eu lavo a égua surda. No trabalho sou chata, organizada, mandona, briguenta, barraqueira, estressada e por aí vai, quero poder parar e fazer meu trabalho sem ser interrompida, mas isso é querer que chova mingau, então é na hora que me chamar para pegar encomendas, fazer trocas ou me anunciam no microfone que meus ensaios de atuação começam. É quando coloco a cabeça no travesseiro que penso que poderia ser mais paciente.... mas depois passa.

Músicas velhas: Sabe aquele dia nostalgia, que tu tem uma vontade involuntária de ouvir aquela música que fede a infância ? Aquele dia que tu olha aquele cd velho e cheio de poeira e quando dá por si já está ouvindo a faixa 8 ? Não ? Ora pois, mas eu vivo, e muito esses dias nostálgicos. É uma felicidade sem tamanho.
Em uma noite, estava eu de boa na lagoa, zapeando pelo vídeos do YouTube quando, clico aqui, clico ali e de pouquinho já estava ouvindo Elis Regina a lá loca nos meus fones e cantando junto, me senti tão bem por ser uma das que sabem toda aquela letra cheia de significados. Quando chego no trabalho e conto minha madrugada remember feelings, tudo que recebo são olhares estranhos, murmúrios e coisas como 'Tú é muito estranha!'. Daí tu pensa, para que eu vou dividir as coisas? Agora, um alto PRE-PA-RA, qualquer um diz... tsc tsc.


Shows particulares: Meu amigos mais antigos e aqueles com boa memória sabem que quando morei em Paranaguá estudei por poucos anos em um colégio que todo ano fazia um 'pequeno acontecimento' na cidade que todos os alunos se apresentavam, dublando músicas e fazendo altas performances. Sinceramente, aquilo tudo era uma uma guerra sanguinária entre todos, os que tinham dinheiro queriam fazer sua apresentação ser épica, os mais desafortunados como eu, queriam somente se apresentar decentemente, se divertir e ganhar a nota do bimestre, e outros só queriam a nota, então faziam qualquer coisa, tipo nada.
Isso despertou algo mim. Ainda hoje, depois de pelo menos 10 anos, me pego pensando que tal música ia ser legal de apresentar, e crio todo o cenário, a coreografia e tudo mais necessário para virar realidade. Gente, isso é algo hiper mega divertido, por mim eu voltaria todo ano para a Festiblagem com minhas ideias para cantar e dançar com a criançada. Shame on me? Talvez, mas sinto tanta falta...

Menção honrosa para danças em lugares inapropriados. Adoro!

Matar banho: Muitas coisas me deixam feliz, mas confesso que passar o dia inteiro em casa, de folga, de molho, gangrenando na cama enquanto faço qualquer coisa no note e sem precisar me preocupar em levantar para tomar banho, é uma aquilo que posso chamar de pequena felicidade. Passa rápido, depois nem lembramos mais, mas na hora dá um barato louco. Me chame de porca se quiser, mas esses são aqueles dias em que ninguém me vê, ninguém fala comigo ou coisas assim. Fico eu comigo mesma, sendo feliz.
Haters gonna hate.

Por outro lado, já parou para pensar que muitos por aí podem ter a mesma felicidade secreta que a nossa ? Afinal, estamos todos unidos em um só coração.

P.S¹: Hoje, de acordo com a minha programação do BEDA, iria postar uma receita, mas a programação é minha e faço dela o que bem entender.
P.S²: Postagem um pouco antiga, mas nunca postada. Não é maravilhoso?


OUTROS POSTS PARECIDOS

1 calcinhas

Sorvete de Girafa

Temos um Ateliêr de Amigurumis e outras peças super fofas. Vêm nos seguir!

Quote

"It's just a sparkle but it's enough to keep me going.
And when it's dark out, no one around, it keeps glowing!"
- PARAMORE -