Penélope

quinta-feira, outubro 18, 2012

WHAT MAKE US DIFFERENT, MAKE US BEAUTIFUL.


Por muito tempo eu estava de olho em um filme, mas não achava o bendito em lugar nenhum. Alguns meses depois descobri que o tal filme, para minha felicidade, era baseado em um livro. Para uma felicidade maior ainda, esse livro estava disponível em vários lugares. Remei, remei, remei e não comprei o tal livro. Dona Gabi ganhou ele e fez questão de mostrar para quem quisesse ver. Meu orgulho gritou mais alto e fui lá e comprei o querido. Quando finalmente tive um tempinho para começar a ler, não parei mais até ver o fim. Quando acabou, fiquei com aquela angústia pela perda e corri atrás do filme. 20 dias depois, eis o dvd está nas  minhas mãos. Corri para ver e aquela vontade de perda voltou. EU QUERO MAIS !

Essa foi minha história de amor com Penélope. Para quem leu o livro, tem um prólogo que a Resse Whiterspoon fala sobre o que ela achou do livro e dá uma anciedade a mais para começar a ler...

"Penélope é a história inspiradora de uma menina que ouve o tempo todo, das pessoas mais próximas, que não vale nada."

Para contar a história de Penélope, além de não poder separar pelo filme ou pelo livro, tenho que contar de uma vez só, e sem rodopios.
Penélope nasceu em uma família de classe super alta, mas com uma infeliz maldição. Seu tatara tatara tataravô Ralph, se apaixonou por uma das empregadas da casa, Clara. A engravidou e quando foi contar a sua família que pretendia se casar com ela, todos caíram em gargalhadas e não acreditaram nem um pouco que fosse verdade. Ele, então, caindo em si, achou que aquilo seria uma grande besteira e acabou tudo. Clara, muito desolada, se matou, atirando-se no poço. Sua mãe, que era a bruxa da cidade, ficou furiosa, foi até a manção dos Wilhern e lançou-lhes uma maldição:

 "A bruxa declarou que a próxima menina nascida na família Wilhern teria cara de porco. E que a maldição só poderia ser desfeita quando alguém de sua mesma classe, um rapaz de sangue azul de verdade, declarasse que ficaria ao seu lado até que a morte os separesse. (...)" Pág. 32

Algumas gerações passaram e somente meninos vieram ao mundo, até que tia Ella teve uma menina, que para surpresa de todos, não veio com cara de porca, mas o que naquela época ninguém sabia é que Ella estava tendo um caso com o chofer, desse modo Isabela não tinha uma gota dos Wilhern em seu sangue, para desgraça de Penélope, a próxima menina...
Seus pais ficaram horrorizados quando viram, tentaram até uma cirurgia plástica, mas a artéria Carótida passava bem no focinho e infelizmente era impossível. Sua mãe desesperada, com a notícia saindo em jornais e repórteres saindo das gavetas, ela forjou a morte de Penélope.
Então, por longos 25 anos Penélope ficou presa em sua casa, sem ver a rua e o mundo lá fora. Quando fez 18 anos sua mãe contratou Wanda, de uma agência de encontros para achar o aristocrata que estivesse disposto a se casar com Penélope. É claro que todos, no fim, acabam por fugir ao se deparar com a cara de porca dela.
Para encurtar história e não dar muitos spoilers, um repórter e um ex pretendente, juntam forças para desmascarar a família Wilhern e provar que Penélope de fato existe e é uma porca. Assim eles encontram Max Campion, quem eles achavam ser um aristocrata mais que endividado e viciado em jogos, para poder entrar na mansão e tirar uma foto de Penélope. O clichêzão barato exije que, claro, ele se apaixone por ela, de fato, e não queira mais tirar proveito da menina. Assim, e coração partido, Penélope foge de casa e cai no mundo. É lá que ela consegue descobrir quem realmente ela é e se aceitar assim.

Além da história ser legal, Penélope tem um jeito tão meigo, tão inocente. O jeito que ela aguenta sua mãe gritando aos quatro ventos que ela não é aquilo ali, que ela ainda vai sair um dia, que aquele rosto não é seu. Sempre dizendo coisas horrorosas para ela e falando pelos cotovelos. Acho que a Christina Ricci soube bem dar vida a essa personagem, e apesar do filme viajar em algumas coisas, ele é bem fiel. O que vale super a pena pelo lindo James McAvoy no papel de Max #suspiros


Sinceramente, espero que vocês procurem ler o livro ou ver o fime, ou como eu, façam os dois, pois a história é linda e vale a pena. Ás vezes é bom deixar o sanguinário de lado e se jogar nos contos de fadas. Recomendo. Gabi, leia logo. Deixo um link do livro, do filme e o trailer...



"Espero que está história inspire você a tentar ser um pouco mais como Penélope e a aprender a amar tudo aquilo que realmente é único em você."
- Reese Whiterspoon

OUTROS POSTS PARECIDOS

6 calcinhas

  1. Oi linda tudo bem contigo? Caraquinhas supimpa, adorei a postagem de hoje, esta de parabens sempre digo adoro seu blog upi!

    Linda bora conferir novidade la no blog maah music, ver ser tu gostar é me diz?

    http://estilloetendencias.blogspot.com.br/2012/10/novidades-da-banda-offset_17.html

    Super beijo e parabe´ns mais uma ves hein pelo blog master
    seguir anjo é ajudar maah @maahmusic

    ResponderExcluir
  2. Sharon, que bom que tu comprou o livro por meu incentivo, mesmo que indireto ^^
    E que bom ainda mais que tu gostou. Mesmo sem ter lido o livro ainda, emprestei pra uma amiga que adorou, mas os livros de parceria estão aos montes esperando pra ser resenhados, por isso ainda não li Penelope.
    Awn, achei super fofa a sua descrição da história, e eu não sabia muito bem como era essa maldição. Ri com a menina que não era filha do cara da família, e sim do chofer, hehe. Bem, sorte dela - ou não, não ficou com o Lindo-McAvoy xD
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. ainda não li o livro, mas já assisto ao filme e adorei, achei bem legal a história e engraçado. Vou procurar elo livro, já esta na minha lista de leitura.
    beijos chuchu!

    ResponderExcluir
  4. *__* Sou apaixonada pela história da Penélope. Nunca li o livro, só assistir ao filme, mas tenho certeza de que o livro é milhões de vezes melhor.
    Faz tanto tempo que não assisto ao filme que tinha esquecido que era o James McAvoy no papel do Max ela tá tão estranhamente perfeito nesse filme <3

    http://www.episodiodehoje.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sharon!
    Ah como eu amo essa dupla! *-* Dificilmente uma adaptação fica tão bacana, mas o filme ficou tão bom quanto o livro... Penélope é um dos meus poucos livros favoritos e eu entendo o seu amor por ele... é fantástico!

    Beijos ;*

    ResponderExcluir

Sorvete de Girafa

Temos um Ateliêr de Amigurumis e outras peças super fofas. Vêm nos seguir!

Quote

"It's just a sparkle but it's enough to keep me going.
And when it's dark out, no one around, it keeps glowing!"
- PARAMORE -