Caída na pracinha

sábado, janeiro 31, 2015

Eu já tinha dado três voltas em volta do parque, revesando entre caminhada e corrida. Nesse dia reservei meia hora para colocar as melhores músicas para essa atividade, no meu celular. Como caminho com a minha mãe, não preciso levar nada para distrair, já que conversamos o caminho todo, mas dessa vez ela não estava junto.

Meia volta já caminha, faltava meia corrida para terminar os serviços do dia. Bem distraída, com o celular na mão ouvindo alguma cantora do momento cantar a plenos pulmões nos meus ouvidos, quando inicio a trotada final.

Algumas voltas antes passei por uma casal que bem envolvido em sua conversa me viu os ultrapassar algumas vezes, outras eles me ultrapassavam. Sabe, quando estou com a minha mãe ela costuma reparar em quantas vezes fulano passou por nós ou na velocidade que ciclano corre, já que o viu várias vezes. Sempre digo que provavelmente somos nós que estamos muito devagar, o que é somente uma indireta, pois estamos bem devagar. Ela caminha em seu próprio ritmo.

Devido a minha entrada, de cabeça, na dieta, estou me esforçando nas atividades anti-sedentarismo e por não ter feito nada além de comer no dia anterior, hoje tinha que tirar o atraso. Então estava lá, eu em minha distração pensando em nada, somente aguentando para não morrer correndo e sem conhecimento de quem gritava nos meus ouvidos.

Me lembro bem de pensar que poderia escapulir para a pista do lado e desviar do casal em minha frente. No momento que fiz isso, outro rapaz de camisa verde, que pelo porte deve correr por horas à fio, fez o caminho contrário ao meu. Ultrapassei o casal pela outra pista e #sabeseláoporque tomei um tombo. Me lembro de rolar pra esquerda depois de ter deslizado pelo asfalto. Enquanto vi meu celular pular da minha mão e se arrastar pelas pedras, ganhando uma linda textura arranhada, me deitei e ri.

Na hora vi o rapaz de camiseta verde tentando me acudir de longe, perguntando se estava bem, mas assim que agradeci, lá se foi ele correr como vento. Averiguei o estrago do telemóvel, sacudi a grama da camiseta e voltei a correr. Com as mãos arranhadas e joelho dolorido, ultrapassei novamente o casal que não me acudiu.





OUTROS POSTS PARECIDOS

4 calcinhas

  1. Olá Sharon *--* Quanto tempo!
    Acho que você nem deve mais lembrar de mim :/
    Estou de volta ao mundo blogueiro ♥

    Tbm estou tentando ter uma vida mais leve e sair do sedentarismo, fazendo dieta, cortando gordices e essa semana vou me inscrever no jazz.
    Não custava nada o casal ter te ajudado!
    Eu só faço caminhada na esteira hehe xD Mas vou ver se faço mais exercícios físico :3

    Beijos ♥
    www.strongerluv.biialou.com

    ResponderExcluir
  2. UHAHUA Ai Sharon, que horror! Mas eu te entendo por dois motivos:
    1) há alguns anos quando eu comecei a fazer academia (lê-se: fiquei na academia por uma semana) eu cai da esteira. E só tinha homem (lindo) lá... pois é. Ninguém me acudiu, que triste.
    2) comecei a fazer academia essa semana (lembra que comentei no teu instagram que a preguiça era maior que eu? então, dei um jeito nela) e ontem eu passei mal lá e de novo com a academia cheia. Pelo menos ontem duas pessoas me acudiram, e o resto só ficou observando :/

    E um ps: antes da academia eu costumada dar umas caminhadas na praça aqui perto de casa e eu sou que nem a tua mãe: fico contando quantas vezes tal pessoa passou por mim e em qual lugar da praça pra tentar ver se eu que estou muito devagar e tal.

    ResponderExcluir
  3. Ai meu Deus, que morte horrível! HAHA, pior que eu te entendo. Dia desses fui almoçar com meus pais, de boa. Na hora em que fomos sair do restaurante estava chovendo e eu pensei, bem faceira, que era só dar uma corridinha até o carro que não me molharia muito. Entre pensar e fazer, foi dois segundos, e não vi um cara vindo em minha direção. Dei minha arrancada e trombei com o cara, caindo esparramada no chão e na chuva! Foi horrível, oh Deus. XD

    ResponderExcluir
  4. Nossa, é muito ruim cair na rua, já aconteceu comigo algumas vezes e eu fiquei morrendo de vergonha hehe.
    Te indiquei para uma tag no meu blog http://bluebellbee.blogspot.com.br/2015/02/tag-liebster-award-2.html
    Beijos

    ResponderExcluir

Sorvete de Girafa

Temos um Ateliêr de Amigurumis e outras peças super fofas. Vêm nos seguir!

Quote

"It's just a sparkle but it's enough to keep me going.
And when it's dark out, no one around, it keeps glowing!"
- PARAMORE -